Paraná Extra

Governo do Estado quer reajustar taxas do Detran

O governo do Estado enviou ontem à Assembleia Legislativa, mensagem propondo reajuste das taxas do Detran. Em alguns casos, o aumento ultrapassa os 100%. A emissão do Certificado de Registro de Veículos, por exemplo, hoje em R$ 24,76 passaria a R$ 86,91. Já a transferência de propriedade de Veículo, hoje em R$ 30,99 passaria a R$ 86,77. No caso da emissão de Carteira Nacional de Habilitação, hoje em R$ 46,48 subiria para R$ 57,60. O licenciamento anual de veículos, atualmente custando R$ 30,99 seria elevada para R$ 58,14.

O governo alega que nos últimos anos a tabela não sofreu qualquer atualização, e que mesmo com o reajuste, os valores cobrados pelo Detran paranaense continuariam mais baixos que os cobrados em outros estados.
Na mensagem, o governo aponta, por exemplo, que a taxa de Licenciamento de Veículos é de R$ 72,04 em Sergipe, R$ 72,00 na Bahia, R$ 90,30 no Rio de Janeiro, e R$ 59,33 em São Paulo.

A emissão do CRV (Certificado de Registro de Veículo), afirma o Executivo paranaense, custa R$ 116,00 no Distrito Federal, R$ 140,00 na Bahia, R$ 90,30 no Rio de Janeiro, R$ 106,00 em Minas Gerais, R$ 87,20 em Santa Catarina e R$ 134,37 em São Paulo.
Já a emissão de CNH, a proposta apresentada tem o valor de R$ 57,60, contra R$ 121,00 no Sergipe, R$ 185,00 no Distrito Federal; R$ 72,00 na Bahia e R$ 86,38 em São Paulo. O governo argumenta ainda que parte da receita arrecadada pelo Detran com a cobrança dessas taxas será destinada ao Fundo de Segurança.

Do www.bemparana.com.br

Deixe uma resposta