Paraná Extra

Governo pode acabar com Batalhão da Polícia de Trânsito em Curitiba

O Batalhão da Polícia de Trânsito (Bptran) de Curitiba pode acabar definitivamente nos próximos meses. A possibilidade vem sendo estudada pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR) e pelo comando da Polícia Militar. Oficialmente, a assessoria da PM-PR apenas informa que “existe um grande estudo da Polícia Militar e da Sesp no sentido de verificar a viabilidade de inserir nos batalhões de áreas frações de policiamento de trânsito, assim como já e feito no interior do estado”.

Por enquanto, ninguém fala nada além disso, mas uma fonte da Banda B dentro da Polícia Militar garantiu que este estudo está bastante adiantado e o Bptran deve mesmo ser extinto. Segundo a fonte, cada batalhão deverá ter uma ou duas viaturas para atender exclusivamente ocorrências de trânsito, trabalho feito hoje pelo Bptran.

Com isso, ainda segundo a fonte, será possível enxugar a estrutura e reduzir um comando de batalhão. Os oficias do Bptran seriam transferidos para outros batalhões.

O Batalhão de Trânsito de Curitiba conta hoje com apenas 30 homens, efetivo considerado pequeno se comparado com os cerca de 600 agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (antiga Diretran) .

Da Rádio Banda B

Uma Resposta para “Governo pode acabar com Batalhão da Polícia de Trânsito em Curitiba”

  1. fábio disse:

    Em SP acabaram com o bptran e não demorou muito voltaram com 2 batalhões de trânsito, a realidade é que como no interior do estado isso ocorrerá na capital, a fiscalização de trânsito será deixada em segundo plano, isso se realmente for feita tal fiscalização, pois sempre que faltar efetivo para atendimento de ocorrências, o que já é uma realidade, estado esses policiais subordinados aos comandos de batalhões de área, serão remanejados para tal finalidade, sendo literalmente extinta qualquer fiscalização. Se com o bptran o trânsito já está um caos, quero ver sem…..

Deixe uma resposta