Paraná Extra

Governo trabalha com aumento de 50% nos casos da Covid-19 em dez dias

O Paraná deve registrar nos próximos dias uma verdadeira explosão no número de contaminações pelo coronavírus, segundo previsão da Secretaria Estadual da Saúde. A expectativa é de um aumento de quase 50% nos próximos dez dias, ou cerca de mais 10 mil casos.

Em entrevista coletiva na tarde de ontem, na qual o governador Ratinho Junior anunciou a adoção de uma ‘quarentena mais restritiva’ em sete regionais do estado, o secretário explicou que a estimativa oficial é de mais 10 mil casos em uma semana ou 10 dias. Com isso, haveria um salto no número de casos, que passaria dos atuais 22,6 mil casos para quase 33 mil.

“Nos últimos 15 dias tivemos praticamente metade dos casos de 110 dias. E em uma semana ou 10 dias vamos ter mais 10 mil casos. Isso demonstra toda nossa preocupação”, afirmou Beto Preto.

Segundo o diretor-geral da Secretaria Estadual da Saúde, Nestor Werner Junior, por cerca de 100 dias o Paraná conseguiu manter o número de casos novos e de óbitos por dia dentro de um linear. Nas últimas semanas, contudo, houve um aumento significativo nos registros.

“Isso nos chamou muito a atenção e nos levou a começar a discutir possibilidades”, disse Nestor. “Adotamos uma quarentena mais severa para diminuir número de casos novos, número de óbitos nesse período, porque temos vários elementos que nos levam a essa situação. Caso a gente não adote essas medidas, é muito provável que a escalada leve a um descontrole no número de casos, a um possível colapso no sistema de saúde, a falta de leitos, a falta de capacidade de atender as pessoas”, afirmou.

Deixe uma resposta