Paraná Extra

Granizo danificou 1.192 casas e afetou 4.783 pessoas em Sengés

Subiu para 1.192 o número de casas danificadas pela chuva que atingiu Sengés, nos Campos Gerais, na tarde da última segunda-feira (30). De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil do Paraná, 4.783 pessoas foram afetadas.

Diversos prédios públicos foram danificados com a chuva de granizo que atingiu Sengés, nos Campos Gerais. Foram atingidas seis escolas, um hospital, uma delegacia, um CRAS, a sede da Prefeitura, três Postos de Saúde, o Barracão da Terceira Idade, a Farmácia Popular, além do prédio da Câmara Municipal, que ficou destruído. Com o peso do granizo, o telhado desabou e a estrutura não resistiu. Como o legislativo municipal está recesso, não havia ninguém no imóvel e não há registro de feridos.

Um núcleo de atendimento às famílias foi montado pela prefeitura no barracão da igreja matriz. A cidade está aceitando doações de cobertores, colchões, água e alimentos não-perecíveis.

A Defesa Civil do Paraná distribuiu lonas aos moradores atingidos.

O Corpo de Bombeiros também foi acionado. Parte do efetivo foi deslocado de outras cidades como Telêmaco Borba, Ponta Grossa e Jaguariaíva. Segundo o Instituto Meteorológico do Paraná, por volta das 16h40 uma forte área de instabilidade provocou a tempestade com precipitação de granizo.
No último fim de semana, a chuva atingiu Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e deixou 1.000 casas danificadas. Guaratuba, Piên e Rio Negro também sofreram com as tempestades e tiveram casas atingidas.

Deixe uma resposta