Paraná Extra

Greca cede à pressão das escolas particulares e libera aula presencial

Mesmo com a promessa do prefeito reeleito Rafael Greca de que as aulas em Curitiba só seriam retomadas presencialmente quando já houvesse a vacina, a Prefeitura de Curitiba liberou o retorno das aulas presenciais curriculares de crianças até dez anos nas escolas particulares da cidade.

A medida entrou em vigor nesta terça-feira (17), de acordo com a prefeitura e com o Sindicato do Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná (Sinepe-PR).

A liberação vale para os alunos da educação infantil, com crianças de zero a cinco anos, e dos anos iniciais do ensino fundamental, até dez anos.

“As escolas que estiverem em condições de cumprir os protocolos de segurança, e muitas delas estão preparadas há um bom tempo, podem receber os alunos imediatamente”, afirmou o presidente do Sinepe-PR, Douglas Oliani.

Entre os protocolos estão o distanciamento social, higienização das mãos e atividades escalonadas. Os pais também devem se comprometer a avisar a escola caso a criança apresente algum sintoma de Covid-19.

Caso os responsáveis pelas crianças queiram que os alunos continuem em casa, as escolas devem continuar oferecendo todas as atividades pela internet.

As aulas em Curitiba estão suspensas desde março.

Deixe uma resposta