Paraná Extra

Greve da Universidade Federal pode acabar na próxima segunda

O Comando Nacional de Greve dos servidores técnico-administrativos nas universidades federais quer uma saída unificada da greve que já dura mais de 90 dias. Foi definida a data da próxima segunda-feira, 26 de setembro, para o fim do movimento, mas a decisão agora será submetida às bases, que precisam decidir a questão até sexta-feira (23) e encaminhar a decisão para o comando nacional.

 

Segundo o comando nacional de greve, um número significativo de entidades de base encontram dificuldades na mobilização e manutenção da greve, além do fato de duas universidades já terem saído da Greve; e indicativo de outras entidades de saída na próxima semana.

 

No Paraná, o movimento não só afetou a Universidade Federal do Paraná (UFPR), mas também o Hospital de Clínicas (HC). Apenas 20 dos 40 leitos de urgência e emergência do HC estão em uso, segundo a assessoria da unidade , localizada em Curitiba, por causa da greve.

Dos 14 leitos de UTI, quatro estão bloqueados. Todos os 10 da observação estão fechados. Na UTI semi-intensiva, dos 16 leitos, seis estão parados por falta de funcionários.

 

Deixe uma resposta