Paraná Extra

IncA?ndio que pode ter sido criminoso destrA?i PalA?cio Belvedere

Um incA?ndio que pode ter sido criminoso destruiu o PalA?cio Belvedere, um casarA?o histA?rico na regiA?o central de Curitiba na noite de ontem (6). O casarA?o fica prA?ximo A�s ruA�nas do Alto SA?o Francisco,A�A� sA�mbolo da arquitetura art noveau, estavaA�fechado e passaria por reformas para abrigar o ObservatA?rio da Cultura Paranaense, da AssociaA�A?o Paranaense de Letras e um cafA� escola do Sesc ParanA?.

O fogo consumiu parte telhado do edifA�cio histA?rico. As causas do incA?ndio sA?o investigadas e hA? suspeitas que as chamas tenham sido provocadas por um coquetel molotov tenha sido arremessado no prA�dio.

Em nota, a prefeitura lamentou o fato, diz que vai investigar e restaurar o imA?vel.

Leia a nota na A�ntegra:

A Prefeitura de Curitiba estA? acompanhando as investigaA�A�es do incA?ndio que atingiu, na noite de quarta-feira, 6, o PalA?cio Belvedere, no SA?o Francisco. O Corpo de Bombeiros e a PolA�cia Civil estA?o investigando a causa do incA?ndio, com suspeita de ter sido criminoso.

O imA?vel, sA�mbolo da arquitetura art noveau, estava lacrado e passaria por reformas para abrigar o ObservatA?rio da Cultura Paranaense, da AssociaA�A?o Paranaense de Letras e um cafA� escola do Sesc ParanA?.

A Prefeitura de Curitiba autorizou neste ano o uso do potencial construtivo, no valor de R$ 1,073 milhA?o, para a reforma do imA?vel. O projeto do restauro do Belvedere foi desenvolvido por arquitetos do Sesc em parceria com o Ippuc. O PalA?cio Belvedere, na PraA�a JoA?o CA?ndido, A� um prA�dio tombado pelo PatrimA?nio HistA?rico do Estado no ano de 1966.

Deixe uma resposta