Paraná Extra

Índices de inadimplência tiveram que mostram dados da ACP

Os índices de inadimplência e de recuperação de crédito do mês de março deste ano em relação a fevereiro tiveram pequena queda, de acordo com dados da pesquisa feita pela Associação Comercial do Paraná/Boa Vista/SCPC e subiram um pouco de março deste ano em relação a março do ano passado. Maringá teve a maior alta de inadimplência de março em relação a fevereiro com um índice de 0,2%. Já o maior crescimento de inadimplência de março do ano passado para março deste ano foi registrado em Cascavel com um índice de 3,8%. A média no Paraná foi de queda de 0,2% de março para fevereiro deste ano e queda de 0,4% de março deste ano para março de 2018.

O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas e o indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir das exclusões de registros informadas à Boa Vista SCPC pelas empresas credoras. As pesquisas foram feitas em Curitiba, Cascavel, Londrina e Maringá.

Curitiba teve uma queda de inadimplência de 0,1% de março para fevereiro deste ano e o índice cresceu 0,9% de março deste ano para março do ano passado.

Já em relação à recuperação de crédito houve um aumento nas quatro cidades pesquisada de março para fevereiro deste ano. Maringá teve o maior índice com 2,2% e Londrina, o menor, com 1,4%. Já no comparativo entre março de 2019 e março de 2018, a recuperação de crédito também foi positiva em todas as cidades, sendo que Londrina apresentou o maior índice com 12,4% e Cascavel teve o menor índice com 3,8%. No Paraná, a recuperação de crédito teve um índice médio de 1,6% de março para fevereiro deste ano e de 10,4% de março de 2019 para março de 2018.

Em Curitiba, a recuperação de crédito teve um crescimento de 1,7% de março para fevereiro deste ano. O crescimento do índice de recuperação de crédito na capital paranaense de março deste ano em relação a março de 2018 foi de 9%.

Deixe uma resposta