Paraná Extra

Itaipu entrega primeiro carro elétrico movido apenas a energia solar

A Itaipu Binacional entregou o primeiro veículo elétrico que será totalmente abastecido por energia solar. O Zoe elétrico foi repassado em regime de comodato à Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop), no Centro Executivo de Itaipu, na Vila A, em Foz do Iguaçu.

A instituição, autossuficiente em energia, dispõe de uma central fotovoltaica própria em sua sede, no centro de Cascavel (PR). A capacidade é de 13 kW (em horário de pico). É esta unidade que gerará a energia do carro, fato inédito no Programa Veículo Elétrico da Itaipu.

Pelo compromisso, o carro será 100% abastecido pela central fotovoltaica. Os dados serão transmitidos em tempo real para Itaipu, por meio do sistema do veículo, e serão aproveitados para a pesquisa do Programa VE.
O automóvel, que será usado de forma institucional nos compromissos da Amop, servirá ainda para a divulgação do Projeto VE em eventos como encontros com os prefeitos. Hoje, a instituição representa 52 municípios.
“Teremos informações on-line e poderemos repassá-las aos fabricantes para aprimorar o carro elétrico. Todos ganham”, disse o diretor-geral brasileiro de Itaipu, Luiz Fernando Vianna.
A entrega foi feita pela diretoria de Itaipu ao presidente da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop), Rineu Menoncin, prefeito de Matelândia. Os diretores brasileiros de Itaipu Marcos Stamm (financeiro executivo), Marcos Baumgärtner (administrativo) e Hélio Gilberto Amaral (coordenação) também participaram da cerimônia. O carro será levado para Cascavel na segunda-feira (26).
Compromisso
O anúncio de um VE para associação havia sido feito em 9 de maio, quando Itaipu e Amop reafirmaram parcerias para o desenvolvimento regional. O compromisso foi assumido durante reunião entre a diretoria de Itaipu e representantes da associação, na sede da Amop, em Cascavel.
“Além da economia que o veículo proporciona, ele é uma bandeira da sustentabilidade, um carro do futuro e ambientalmente correto. Queremos agora propagar e divulgar este projeto de Itaipu, que é nossa parceira em diversos convênios”, disse o presidente da Amop.
Menos poluentes
A central fotovoltaica da Amop é composta por 52 painéis. Desde o final de 2014, quando entrou em operação, a planta gerou 23.781 kWh e evitou a emissão na atmosfera de quase 24 toneladas de CO².
“Ainda não sabemos quanto tempo de carregamento será necessário para abastecer o carro. Todos esses dados serão computados a partir do uso do veículo”, explicou Leandro Rudnicki, engenheiro eletricista da Amop. Abastecido, a autonomia do Zoe é de 170 km (na cidade). “Ano a ano fechamos no zero”.
Para o coordenador brasileiro do Programa VE, Celso Novais, as informações serão valiosas justamente por ser a primeira ocasião na qual o veículo será totalmente abastecido pela energia solar. “Monitoraremos todo o desempenho em tempo real”, afirmou.

Deixe uma resposta