Paraná Extra

Já somam sete os profissionais da saúde mortos pela Covid-19 na Capital

Curitiba tem sete mortes de profissionais da saúde. Duas foram registradas na última sexta-feira (10) e no sábado (11). Uma auxiliar de enfermagem, de 35 anos, faleceu por conta do coronavírus na sexta (10). Ela estava internada no Hospital Vita Batel.

A outra vítima, foi uma técnica de enfermagem, de 41 anos. Ela atuava no Hospital das Nações e morreu no sábado (11) por complicações da doença. Por meio de nota, o Hospital das Nações lamentou a morte dizendo: “perdemos uma vida, que sempre lutou por outras”.

Também no sábado (11), uma funcionária do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, de 46 anos, morreu por conta da covid-19. Ela não atuava na linha de frente, mas trabalhava na hotelaria da instituição, lidando com roupas de cama, uniformes e aventais. De acordo com a nota do hospital, a vítima era diabética, hipertensa e asmática e lutava há dias contra a doença. Ela estava internada na UTI do Evangélico Mackenzie.

Os outros 5 profissionais da saúde, que foram vítimas do coronavírus, eram: um técnico de enfermagem, de 52 anos, que faleceu no Hospital Angelina Caron, no último dia 6 de julho, onde também exercia a profissão./ Três dias antes (3 de julho), outro técnico de enfermagem, também de 52 anos, não resistiu à doença e morreu depois de ficar 15 dias internado. Ele atuava no Hospital de Clínicas e no Hospital Vita Batel.

No dia 23 de junho, um médico, de 33 anos, também perdeu a vida para a covid-19. Ele era residente de ortopedia no Hospital Angelina Caron, na Região Metropolitana de Curitiba, e trabalhava como plantonista em uma instituição em Bocaiúva do Sul. Ele ficou 12 dias internado.

No dia 3 de maio, um médico, de 72 anos, morreu no Hospital Sugisawa, em Curitiba, em decorrência da doença. Ele era médico concursado do município de Fazenda Rio Grande. A primeira morte de um profissional de saúde pelo coronavírus foi no dia 26 de abril. A vítima era técnica de enfermagem, tinha 39 anos e faleceu após três semanas internada no Hospital Ônix.

(Bandnews)

Deixe uma resposta