Paraná Extra

Julho das Pretas tem programaA�A?o contra o preconceito

A Rede Mulheres Negras do ParanA? realiza, durante todo o mA?s de julho, uma programaA�A?o cultural e educativa em prol da igualdade de oportunidades e contra o racismo e misoginia. O a�?Julho das Pretasa�? conta com feiras, palestras, oficinas, exposiA�A�es, apresentaA�A�es culturais e atos de mobilizaA�A?o social.

Neste sA?bado (7), serA? realizada a Oficina SaA?de da PopulaA�A?o Negra e PrevenA�A?o Combinada, das 10h A�s 15h, na Boca Maldita. HaverA?A�atendimento A� populaA�A?o e informaA�A�es sobre hipertensA?o e diabetes. NaA�Sociedade 13 de Maio, a partir das 15h, terA? roda de conversa, oficinas de danA�a, poesia e exposiA�A�es fotogrA?ficas e artA�sticas.

De acordo com o assessor de PromoA�A?o da Igualdade Racial da Prefeitura de Curitiba, Adegmar Silva (Candieiro), esta A� uma agenda de mobilizaA�A?o em homenagem ao Dia da Mulher Negra Afro-Latino-Americana e Caribenha a�� 25 de julho. Em nossoA�paA�s, remete a Tereza de Benguela – A�cone da resistA?ncia negra no Brasil Colonial.

a�?O Julho das PretasA� A� um marco para a reafirmaA�A?o da identidade, da histA?ria, da resistA?ncia e da luta dessas mulheres brasileiras. A� importante que oA�nosso povo se organize e mostre a sua forA�aa�?, afirma Candieiro.

De acordo com Silvana GonA�alves da Silva, uma das organizadoras, as atividades sA?o importantes para dar visibilidade A�sA�pautas especA�ficas das mulheres negras, no que diz respeito A�s questA�es de gA?nero e raA�a.

a�?As mulheres negras passam pelo preconceito oriundo do sexismo e do racismo. Queremos chamar atenA�A?o para essa realidade e fazer parte da mudanA�a. A� preciso se mobilizara�?, explica.

Rede Mulheres Negras PR

A Rede Mulheres Negras PR A� uma organizaA�A?o sem fins lucrativos, autA?noma e independente fundada para reivindicar e ampliar a implementaA�A?o de polA�ticas pA?blicas voltadas A�s mulheres negras.

A organizaA�A?o teve inA�cio em 2016, reA?ne mulheres de todas as regiA�es do Estado com atuaA�A?o nas A?reas de educaA�A?o, cultura, saA?de, promoA�A?o e defesa dos direitos humanos, geraA�A?o de renda, valorizaA�A?o da identidade de gA?nero e raA�a/etnia.

25 de Julho

A data A� dedicadaA�A� mulher negra no Brasil. Em todo o paA�s, sA?o realizadas audiA?ncias pA?blicas, festivais, seminA?rios, conferA?ncias, feiras, entre outras tantas atividades em prol da igualdade de oportunidades.

Deixe uma resposta