Paraná Extra

JustiAi??a aceita mais uma denA?ncia no caso da operaAi??A?o “Quadro Negro”

A JustiAi??a do ParanA? aceitou mais uma denA?ncia oferecida pelo MinistAi??rio PA?blico do ParanA? (MP-PR) contra o dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza, o ex-diretor da Secretaria de EducaAi??A?o do ParanA? (Seed) MaurAi??cio Fanini, e mais dois investigados da OperaAi??A?o Quadro Negro pelo crime de organizaAi??A?o criminosa.Com isso, eles se tornam rAi??us no processo. Fanini estA? detido na sede da PolAi??cia Federal (PF), em BrasAi??lia, apA?s denA?ncia de que teria recebido ameaAi??as,Ai??e tenta um acordo de delaAi??A?o premiada. JA? Eduardo Lopes Ai?? o principal delator da operaAi??A?o e estA? em liberdade sendo monitorado com tornozeleira eletrA?nica.
A Quadro Negro apura o desvio de mais de R$ 20 milhAi??es na construAi??A?o e reformas de escolas estaduais do ParanA?. Esta Ai?? a quarta aAi??A?o penal da operaAi??A?o.

“No que toca Ai??s mediAi??Ai??es, tambAi??m concorreu para a prA?tica delitiva o ora denunciado Eduardo Lopes de Souza, o qual, por nove vezes, ciente da licitude e reprovabilidade de sua conduta, da mesma forma, afirmou que certo serviAi??o contratado havia sido executado, quando, em verdade, nA?o havia, fazendo-o com o fim de criar obrigaAi??A?o ao estado do ParanA? de efetuar o repasse de verbas a Valor Construtora e ServiAi??os Ambientais LTDA”, afirma o MP-PR com relaAi??A?o a uma das obras citadas no processo.

Os outros dois rAi??us sA?o Joseli Teixeira e Evandro Machado.
O advogado Omar Geha, que defende MaurAi??cio Fanini, nA?o quis se manifestar.
A OperaAi??A?o Quadro Negro encontrou indAi??cios de desvios de dinheiro na construAi??A?o de diversas escolas estaduais. Segundo as investigaAi??Ai??es, a Construtora Valor recebeu cerca de R$ 20 milhAi??es pelos contratos firmados com o poder pA?blico, mas nA?o entregou as obras.

(G1)

Deixe uma resposta