Paraná Extra

JustiAi??a determina prisA?o preventiva de ex-prefeito de AraucA?ria

A prA?tica dos crimes de organizaAi??A?o criminosa, corrupAi??A?o passiva e corrupAi??A?o ativa no A?mbito da Prefeitura de AraucA?ria, RegiA?o Metropolitana de Curitiba, levou a JustiAi??a a decretar a prisA?o preventiva do ex-prefeito da cidade Rui Alves de Souza (PTC) eAi??de seu preposto, que tinha influA?ncia direta na prefeitura nesse perAi??odo, apesar de nA?o ocupar nenhum cargo pA?blico. A ordem judicial, proferida em 26 de marAi??o, refere-se Ai?? aAi??A?o penal proposta pelo MinistAi??rio PA?blico do ParanA?, por meio das Promotorias de JustiAi??a de AraucA?ria, e Ai?? relacionada Ai?? quinta fase da OperaAi??A?o Fim de Feira, do MPPR.

TambAi??m sA?o citados na decisA?o os ex-secretA?rios municipais de Obras PA?blicas e Transportes (nomeado no final de novembro de 2016) e de FinanAi??as (de setembro 2016 a inAi??cio de dezembro), bem como dois empresA?rios do ramo da construAi??A?o civil (um deles irmA?o do entA?o secretA?rio de Obras). Aos empresA?rios e ex-secretA?rio de obras foram determinadas medidas como a obrigaAi??A?o de apresentarem-se em juAi??zo mensalmente, proibiAi??A?o de deixar a comarca sem autorizaAi??A?o judicial, fianAi??a no importe de 50 salA?rios-mAi??nimos e monitoraAi??A?o eletrA?nica.

Segundo a Promotoria de JustiAi??a, durante as investigaAi??Ai??es, ai???restou evidenciado que os denunciados, em comunhA?o de esforAi??os e plenamente conscientes da ilicitude e reprovabilidade de suas condutas, negociaram o pagamento de ai???propinaai??i?? com o objetivo de obter benefAi??cios junto Ai?? AdministraAi??A?o PA?blica Municipal, tais como, nomeaAi??Ai??es, liberaAi??A?o de verbas vinculadas e formalizaAi??A?o de aditivo contratual com a empresa de engenharia contratada para a prestaAi??A?o de serviAi??os de pavimentaAi??A?o perante a Prefeitura de AraucA?ria.ai???

Vice-prefeito ai??i?? A OperaAi??A?o Fim de Feira foi deflagrada em dezembro de 2016 a partir da investigaAi??A?o das Promotorias com a participaAi??A?o do Grupo de AtuaAi??A?o Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e trata de irregularidades cometidas durante a breve gestA?o do ex-prefeito, que assumiu o cargo em julho de 2016, apA?s a renA?ncia do gestor titular ai??i?? ele era o vice.

Na decisA?o da semana passada, o JuAi??zo da Vara Criminal do Foro Regional de AraucA?ria destaca que ai???hA? indAi??cios veementesai??? de que o ex-prefeito ai???capitaneava extensa e complexa organizaAi??A?o criminosa voltada a saquear os cofres pA?blicos da Prefeitura Municipal de AraucA?ria, fatos estes bem calAi??ados em provas documentais, transaAi??Ai??es bancA?rias, colaboraAi??A?o premiada e atAi?? mesmo confissA?o de corrAi??us.ai???

Deixe uma resposta