Paraná Extra

Justiça deve decidir sobre reabertura de escolas particulares

A Justiça do Paraná deu prazo de 48 horas para que o governo do Estado se manifeste sobre um pedido de liminar das escolas particulares. No dia 15 de outuro o Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe-PR), impetrou Mandado de Segurança para discutir a ilegalidade da Resolução SESA 1231/2020, que somente autorizou a retomada presencial das atividades extracurriculares no Paraná.

“A finalidade da medida judicial é tão somente assegurar que as escolas particulares associadas tenham o direito de disponibilizar a seus alunos a possibilidade de uma retomada das aulas curriculares presenciais de maneira GRADUAL, OPCIONAL – aos pais e alunos que optarem por este retorno – e SEGURA”, diz nota do Sinepe.

Deixe uma resposta