Paraná Extra

Justiça eleitoral investiga o que houve com urna no Positivo

Através de nota oficial, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) anunciou que vai apurar o que ocorreu com uma urna eletrônica em Curitiba, no domingo (7), dia das eleições. A urna em questão estava na seção eleitoral nº 664 (Colégio Positivo Júnior), da 1ª Zona Eleitoral de Curitiba.

Segundo alguns eleitores, a urna alli tabs uk. encerrou a votação sem que fosse possível confirmar o voto para Presidente digitado no equipamento. Um vídeo foi gravado e viralizou nas redes sociais. O registro na ata da Mesa afirma que cinco eleitores relataram o problema e que foi pedida a impugnação da urna.

O TRE afirmou que os votos manifestados xs 650. pelos eleitores, inclusive para presidente, foram computados e registrados nos respectivos boletins de urna, disponíveis nos Cartórios Eleitorais e no site do Tribunal Superior Eleitoral. “Constata-se do respectivo Boletim de Urna que foram computados para presidente todos os votos dos eleitores que compareceram à seção eleitoral, não havendo nenhum voto nulo registrado”, diz a nota.

Segundo o TRE, quando uma das urnas falha, ela é substituída por outra, previamente testada, preparada e lacrada pela Justiça Eleitoral.

“A verificação de qualquer falha técnica que possa ocorrer nas urnas eletrônicas é interesse, não só dos eleitores, mas da Justiça Eleitoral, que trabalha sempre em busca da excelência na prestação de serviço para garantir a legitimidade do processo eleitoral”, disse o TRE, em nota.

Deixe uma resposta