Paraná Extra

Justiça quer apurar vazamento de operação contra Witzel

​​​​O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), solicitou ao Ministério Público Federal, na manhã desta quarta-feira (27), a apuração sobre o suposto vazamento de diligências de busca e apreensão realizadas no Rio de Janeiro nessa terça-feira (26), em ação que tem entre seus investigados o governador do estado, Wilson Witzel.

​Segundo o ministro, caso seja confirmado o vazamento, será necessário responsabilizar penalmente o autor da conduta ilícita, como forma de não prejudicar a integridade das instituições.
Um dia antes da operação, a deputada Carla Zambelli (PSL), do circulo íntimo do Planalto, deu entrevista à rádio Gaúcha, de Porto Alegre, antecipando a operação da Policia Federal e dizendo que outros governadores desafetos do presidente Jair Messias Bolsonaro também serão alvo de operações.

Deixe uma resposta