Paraná Extra

Lava Jato anuncia devolução de mais de R$ 1 bilhão à Petrobras

A força-tarefa da Operação Lava Jato anunciou hoje (9) a devolução de R$ 1.034.406.939,75 para a Petrobras, valor recuperado por meio de acordos de colaboração com pessoas físicas e jurídicas na operação, além da repatriação de valores renunciados voluntariamente pelo réu. O valor já devolvido para a empresa é decorrente do acordo de colaboração de Zwi Skornick (R$ 87.083.398,71) e da parcela de R$ 687.515.847,20 da leniência da empresa Keppel Fels. A quantia que segue na conta faz parte de 16 acordos com pessoas físicas e jurídicas, que somam R$ 44.470.860,17.

De acordo com o Ministério Público Federal no Paraná, R$ 259.807.693,84 estão depositados na conta judicial da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba e serão transferidos para a estatal nos próximos dias. Outros R$ 774.599.245,91 já foram depositados para a Petrobras. O MPF destacou que a atuação do Supremo no caso, que determinou a devolução dos valores, é considerada uma inovação no ambiente jurídico brasileiro, ao consolidar os acordos de colaboração “que, além de expandir as investigações, permitem a recuperação de valores vultuosos aos cofres públicos, em montantes nunca antes vistos”.

Desde o início da operação, já foram repassados R$ 2.509.993.677,52. O valor corresponde a 20% dos R$ 12,3 bilhões previstos nos 175 acordos de colaboração até o momento. “Este é o maior valor já devolvido para uma vítima no país e só foi possível porque os órgãos públicos trabalharam contra a corrupção”, comentou o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol.

Deixe uma resposta