Paraná Extra

Lava Jato: mais de 340 pessoas jA? denunciadas pela forA�a-tarefa do MPF no ParanA?

ApA?s quatro anos e meio de investigaA�A?o, jA? chega a 347 o total de denunciados pela forA�a-tarefa Lava Jato do MinistA�rio PA?blico Federal no ParanA?. O A?ltimo investigado rayh healthcare pvt.. ltd.. a ser formalmente acusado foi o engenheiro Douglas Campos Pedroza de Souza, pela prA?tica do crime de lavagem de dinheiro no A?mbito de dois contratos celebrados entre a Odebrecht e a Petroquisa, subsidiA?ria da Petrobras, e relacionados a obras no Complexo PetroquA�mico de Suape, no municA�pio de Ipojuca, em Pernambuco.

A 13A? Vara Federal Criminal de Curitiba aceitou a acusaA�A?o na A?ltima terA�a-feira (2), tornando o engenheiro rA�u. Em decorrA?ncia dos contratos de alianA�a firmados para as obras, a Odebrecht ofereceu e efetuou o pagamento de vantagens indevidas a agentes pA?blicos, dentre os quais Djalma Rodrigues, ex-diretor da Petroquisa e pai de Douglas.

As investigaA�A�es apontam que ele recebeu o correspondente a R$ 16,1 milhA�es entre 16/12/2010 a 19/03/2014 mediante transferA?ncias no exterior por meio de contas em nome de trA?s offshores controladas pelo grupo empresarial: Spada Ltda., no Stanrdar Chartered Bank, em Londres, no Reino Unido; Maher Invest Limited, no Standard Chartered Bank, em Genebra, na SuA�A�a; e tambA�m no BSI Overseas, nas Bahamas e no Greenwich Overseas Group Ltd., no Lloyds Bank, em Genebra, na SuA�A�a.

Douglas Campos Pedroza de Souza A� apontado como o controlador e beneficiA?rio das contas offshores Maher Invest, Spalda Ltda. e Greenwich Overseas. Desta forma, o engenheiro atuou na ocultaA�A?o e dissimulaA�A?o do produto de crime de corrupA�A?o, cujo autor foi seu pai. Tanto Douglas quanto Djalma foram alvos de mandados de prisA?o e de busca e apreensA?o na 52A? fase da Lava Jato, que foi deflagrada no mA?s de junho.

AlA�m do prA?prio ex-diretor da Petroquisa, outros agentes pA?blicos e empresA?rios envolvidos no esquema tambA�m sA?o rA�us na aA�A?o penal de nA? 5023942-46.2018.404.7000, que tramita na 13A? Vara Federal Criminal. SA?o eles: RogA�rio Santos de AraA?jo, MA?rcio Faria da Silva, Glauco Colepicolo Legatti, Isabel Izquierdo Mendiburo Degenring Botelho, CA�sar Rocha Ramos, MaurA�cio de Oliveira Guedes, Paulo Cezar canadian walmart drog . Amaro Aquino e OlA�vio Rodrigues Junior.

AtA� o momento, foram protocoladas 82 denA?ncias contra 347 pessoas na Lava Jato em Curitiba. As primeiras acusaA�A�es ocorreram em abril de 2014 e, desde entA?o, o tamanho da investigaA�A?o aumentou consideravelmente. Entre os crimes pelos quais mais de uma centena de pessoas tornaram-se rA�us, estA?o: lavagem de dinheiro, corrupA�A?o ativa e passiva, fraude A� licitaA�A?o, organizaA�A?o criminosa, evasA?o de divisas, lavagem de dinheiro do trA?fico internacional de drogas, crime contra a ordem econA?mica, embaraA�o A� investigaA�A?o de organizaA�A?o criminosa, falsidade ideolA?gica etc.

Ao todo, jA? foram proferidas 46 sentenA�as, gerando 215 condenaA�A�es contra 140 pessoas. O total de penas chega a 2.036 anos, 4 meses e 20 dias de pena.

Deixe uma resposta