Paraná Extra

Lula: trânsito já começa a complicar em alguns locais de Curitiba

A Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito apoia a Polícia Militar nas atividades de segurança programadas em razão do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Justiça Federal, no bairro Ahú.

O depoimento será nesta quarta-feira (10), mas o trânsito em alguns pontos da cidade poderá ficar lento já nesta terça-feira (09), com a chegada de integrantes de movimentos sociais que irão acompanhar o depoimento. Seriam cerca de 500 ônibus segundo os organizadores.

Bloqueios

A Setran, responsável pelo gerenciamento do trânsito de Curitiba, participará do esquema especial de bloqueios de ruas e da orientanção de motoristas e pedestres. Na manhã desta terça-feira, um veículo da Setran circula pela região para verificar o fluxo do trânsito.

Na Avenida Anita Garibaldi, onde fica o prédio da Justiça Federal, o mapa do trabalho foi definido:

– Até à meia-noite de quarta-feira (10) serão feitas rondas da PM para coibir montagem de barracas e estacionamento de veículos de som. O trânsito será orientado pela Setran.

– Haverá bloqueio da Setran na Avenida Anita Garibaldi, da Rua São Sebastião até a Eça de Queiroz. Somente moradores terão acesso ao local.

– Os desvios sentido Centro de Curitiba poderão ser feitos pelas ruas Tomazina, Coronel Amazonas Marcondes, Pedro Fabri, Vereador Garcia Rodrigues Velho, Belém e São Luiz.

– Os desvios sentido bairro poderão ser feitos pela Rua São Luiz, Avenida Anita Garibaldi, Rua Campos Sales, Manoel Eufrázio, Alberto Foloni.

– Somente moradores cadastrados poderão acessar a região amarela do mapa. Os veículos também serão cadastrados pela Polícia Militar e todos serão orientados a não estacionar veículos nas vias públicas por motivo de segurança.

– Moradores com veículo terão acesso às residências pelos Posto de Verificação Veicular (PVV) 2, 3 e 4.

– Pelo PVV 1 somente terão acesso veículos da imprensa, que deverão ficar estacionados na Rua Dr. Bezerra de Menezes. (faixa azul).

Manifestações

Também foram definidos os pontos de concentração dos manifestantes, que foram divididos em duas áreas. Nestes pontos equipes da Setran vão orientar o fluxo de carros.

– Praça Santos Andrade: manifestantes Pró-Lula

– Museu Oscar Niemeyer: manifestantes Pró-Lava Jato

A estimativa é que 700 ônibus com manifestantes cheguem a Curitiba. A chegada começou pela BR-277. Um acampamento está sendo montado na região da Rodoferroviária.

Também deve haver uma caminhada até a reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Os integrantes do movimento Frente Brasil Popular farão um debate no local. Também haverá manifestações na Praça Santos Andrade, em frente a UFPR. Todos os ônibus que trarão os integrantes dos movimentos sociais vão ficar estacionados em frente ao estádio do Pinheirão, no Tarumã.

Estacionamento

A Prefeitura cedeu área para estacionamento dos ônibus de participantes movimentos populares vindos de outras cidades. Uma das áreas é no Estádio Pinheirão, na Rua Diógines Ridgley Raciop, quase esquina com a Avenida Victor Ferreira do Amaral, no Tarumã. A outra é no Parque dos Tropeiros, na Rua Raul Pompéia, na CIC. Os ônibus estarão proibidos de circular pela cidade. Foi proibido o uso de carros de som.

 

Deixe uma resposta