Paraná Extra

Maior parte do dinheiro do FGTS inativo foi usado para pagar contas

A maior parte dos trabalhadores que recebeu dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de ServiA�o (FGTS) usou os valores para quitar dA�vidas, segundo pesquisa do ServiA�o de ProteA�A?o ao CrA�dito (SPC Brasil) e da ConfederaA�A?o Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

O levantamento aponta que 38% pagaram dA�vidas em atraso e 4% usaram o dinheiro para pagar uma parte das pendA?ncias. O dinheiro foi usado para despesas do dia a dia por 29% dos entrevistados. JA? 19% optaram por poupar. Outra parcela – 14% – pagou contas nA?o atrasadas, como crediA?rio e prestaA�A�es da casa ou do carro e 13% fizeram compras.

A pesquisa, realizada em 12 capitais, tambA�m ouviu pessoas que ainda vA?o sacar o benefA�cio, jA? que respondem por 86% do total de saques. Entre elas, 27% pretendem quitar pendA?ncias e 28% vA?o regularizar ao menos parte das dA�vidas.

Despesas

Pagamento de despesas do dia a dia serA? o destino do dinheiro de 24% dos beneficiA?rios e 20% planejam poupar. Em menor percentual, apenas 4% vA?o comprar itens como roupas e calA�ados. Entre os entrevistados, 3% utilizarA?o o dinheiro extra para viajar e 2% querem aproveitar o recurso para compra de automA?vel.

Deixe uma resposta