Paraná Extra

Malucelli se entrega depois de não conseguir reverter prisão

 O empresário Joel Malucelli se apresentou nesta manhã (14) no Gaeco, depois de ter sua prisão decretada na última terça-feira (11). O empresário estava na Itália, em férias. Ele é citado como um dos beneficiários na operação “Rádio Patrulha”. Antes, seus advogados de defesa tentaram revogar a prisão, mas o juiz da 13.ª Vara Criminal de Curitiba, Fernando Fischer, negou-se a atender o pedido.

Malucelli já era considerado foragido e deve seguir para o Complexo Médico Penal de Pinhais, onde estão os demais presos, à exceção de Richa, Fernanda e Pepe, que estão no Regimento Coronel Dulcídio, no Tarumã.

No fim da tarde de ontem (13), o penúltimo se apresentou ao Gaeco – o empresário Edson Casagrande, também suspeito de participação em esquema pelo qual o programa do governo Patrulha do Campo rendia pagamentos ilícitos em favor do ex-governador e assessores. O ex-secretário já está nas dependências do Complexo Médico Penal de Pinhais.

 

Deixe uma resposta