Paraná Extra

ManifestaAi??Ai??es de caminhoneiros entram no quarto dia em todo o paAi??s

Os caminhoneiros entraram hoje (24) no quarto dia de manifestaAi??Ai??es contra o preAi??o elevado dos combustAi??veis. No Rio de Janeiro, a categoria faz atos de protestos em 14 pontos em cinco rodovias federais que cortam o estado. De acordo com a PolAi??cia RodoviA?ria Federal, a maioria das manifestaAi??Ai??es ocorre nos acostamentos, onde os caminhoneiros param os veAi??culos em fila.

Mas, a Via Dutra (BR-116), no km 204, em SeropAi??dica, estA? apenas com uma faixa liberada, a da esquerda. O trA?fego Ai?? lento nesse trecho, assim como em Barra Mansa, na altura dos km 267, 269, 274 e 276.

Outros pontos de manifestaAi??A?o sA?o: BR-101 Norte (em Campos, no km 75); BR-101 NiterA?i-Manilha (ItaboraAi??, entre kms 296 e 297); BR-493 (ItaboraAi??, prA?ximo a Trevo da Manilha); BR-393 (em ParaAi??ba do Sul, no km 182; em Volta Redonda, no km 281; e em Barra do PiraAi??, no km 247); BR-465 (em Nova IguaAi??u, no km 17) e BR-116 Rio-TeresA?polis (em Guapimirim, no km 104, e, em TeresA?polis, no km 54).

A PRF informou que multarA? qualquer veAi??culo que, deliberadamente, restringir o trA?fego. A multa chega a R$ 5.689,40.

ConsequA?ncias
A paralisaAi??A?o dos caminhoneiros tem provocado desabastecimento de combustAi??veis e de alimentos em diversos estados. De acordo com o Sindicato do ComAi??rcio Varejista de CombustAi??veis do MunicAi??pio do Rio de Janeiro (Sindcomb), ao menos metade dos postos da capital estarA? hoje (24) sem algum dos trA?s combustAi??veis: gasolina, diesel ou etanol. Em alguns postos de BrasAi??lia jA? falta A?lcool.

O problema afeta tambAi??m a operaAi??A?o dos A?nibus. Um levantamento da FederaAi??A?o das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor), por exemplo, calculou que 40% da frota de A?nibus nA?o circularam na manhA? de ontem por indisponibilidade de combustAi??vel. A previsA?o Ai?? que hoje atAi?? 70% dos A?nibus fiquem na garagem.

JA? o Sindicato das Empresas de Ai??nibus da Cidade do Rio de Janeiro (Rio Ai??nibus) afirmou que, na capital, quase 30% da frota nA?o circularam ontem. A BRT Rio, que usa os corredores exclusivos de A?nibus, informou que hoje haverA? reduAi??A?o da frota, por causa do problema de abastecimento de combustAi??vel. Com isso, os intervalos vA?o ter grandes alteraAi??Ai??es. Algumas estaAi??Ai??es estA?o fechadas.

Os produtos comercializados nas Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro (Ceasa), principal centro de distribuiAi??A?o de hortifrutigranjeiros no estado, tiveram uma grande alta de preAi??os. A batata-inglesa foi o produto com o maior aumento, assim como a batata-doce, cenoura e morango. Nessa quarta-feira, por exemplo, o preAi??o da batata-inglesa lisa (saco de 50 Kg), que custava na mAi??dia de R$ 74 na semana passada, aumentou para R$ 350 ai??i?? alta de 373%. JA? a batata-inglesa comum (Saco 50 Kg) passou de R$ 64 para R$ 300 (variaAi??A?o de 369%).

Deixe uma resposta