Paraná Extra

Mapa do Turismo eleva categoria de 25 municAi??pios do ParanA?

O MinistAi??rio do Turismo atualizou a categorizaAi??A?o dos municAi??pios que compAi??em o Mapa do Turismo Brasileiro. Esse instrumento Ai?? importante para acompanhar o desempenho da economia do turismo nos municAi??pios e serve tambAi??m como balizador de polAi??ticas do setor e direcionamento de verbas federais. Segundo a nova categorizaAi??A?o, 25 municAi??pios do ParanA? tiveram crescimento econA?mico pelo setor, seja por terem aumentado o nA?mero de empregos atravAi??s do turismo, ampliado os estabelecimentos formais de hospedagem ou o fluxo de turistas domAi??sticos e internacionais.

ai???A melhoria na classificaAi??A?o de um destino importante como o Pontal do ParanA? mostra que nossos municAi??pios tA?m trabalhado cada vez mais para fortalecer a atividade turAi??stica. No que diz respeito ao MinistAi??rio do Turismo estamos atentos Ai??s demandas do setor como melhoria de infraestrutura, legalizaAi??A?o e qualificaAi??A?o dos serviAi??osai???, avaliou o ministro do Turismo, Marx BeltrA?o.

Por outro lado, outros 17 municAi??pios do estado tiveram reduAi??A?o em suas categorias – Arapoti, Araruna, AraucA?ria, Boa EsperanAi??a, Cambira, Campo Magro, GoioerA?, IvaiporA?, Luiziana, Maria Helena, Medianeira, Moreira Sales, QuerA?ncia do Norte, Rancho Alegre, Santa Terezinha do Itaipu, SA?o Miguel do IguaAi??u e Sertaneja.

Importante ressaltar que a categorizaAi??A?o Ai?? um processo dinA?mico e perene que, assim como o Mapa do Turismo Brasileiro, deverA? ser atualizado e aperfeiAi??oado periodicamente. Assim, se um municAi??pio teve seu fluxo turAi??stico e seus estabelecimentos formais de hospedagem ampliados, provavelmente, na prA?xima ediAi??A?o da categorizaAi??A?o, quando os dados dele serA?o novamente considerados, ele poderA? mudar de categoria.

APOIO DO MTUR

Com o objetivo de melhorar a infraestrutura das cidades e recuperar posiAi??Ai??es na categorizaAi??A?o, o MTur jA? destinou, desde 2003, aproximadamente R$ 19,1 milhAi??es para as 17 cidades que tiveram reduAi??A?o para obras de sinalizaAi??A?o, pavimentaAi??A?o, revitalizaAi??A?o de praAi??as, construAi??A?o de centros culturais e pA?rticos, entre outros.

Segundo a portaria 39/2017 do MTur, somente municAi??pios classificados entre ai???Aai??i?? e ai???Dai??i?? podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turAi??stico. De acordo com a nova categorizaAi??A?o, as cidades – Boa Vista da Aparecida, Doutor Camargo, FlA?rida, Foz do JordA?o, Francisco Alves, Grandes Rios, Lobato, LupionA?polis, Marilena, Marumbi, Mercedes, Nova OlAi??mpia, RenascenAi??a, Rio Bom, Rio Branco do IvaAi?? e Teixeira Soares – agora na categoria ai???Dai??i??, passam a poder contar com atAi?? R$ 150 mil por ano do governo federal para a realizaAi??A?o de festejos. JA? Antonina, Castro, Faxinal, Iguatu, JaguariaAi??va, Palmeira, Palotina e Pitanga, classificadas como ai???Cai??i??, tA?m direito a um limite de R$ 400 mil, enquanto Pontal do ParanA?, agora na categoria ai???Bai??i??, passa a acessar um teto de R$ 500 mil.

Todos os municAi??pios – de A a E – estA?o aptos a pleitear recursos de infraestrutura, como construAi??A?o de estradas e rodovias de interesse turAi??stico; orlas e terminais fluviais, lacustres ou marAi??timos; reforma de terminais rodoviA?rios intermunicipais e interestaduais, de aeroportos, ferrovias e estaAi??Ai??es fAi??rreas de interesse turAi??stico; sinalizaAi??A?o turAi??stica, entre outros.

O ParanA? conta com 283 cidades no Mapa do Turismo Brasileiro, classificadas da seguinte maneira: A (02), B (09), C (35), D (179) e E (58).

Ai??

Os 25 municAi??pios que cresceram:

Antonina

Boa Vista da Aparecida

Castro

Doutor Camargo

Faxinal

FlA?rida

Foz do JordA?o

Francisco Alves

Grandes Rios

Iguatu

JaguariaAi??va

Lobato

LupionA?polis

Marilena

Marumbi

Mercedes

Nova OlAi??mpia

Palmeira

Palotina

Pitanga

Pontal do ParanA?

RenascenAi??a

Rio Bom

Rio Branco do IvaAi??

Teixeira Soares

Deixe uma resposta