Paraná Extra

MA�dica alerta para cuidados com a desidrataA�A?o no verA?o

No verA?o aumentam as preocupaA�A�es com a desidrataA�A?o. A maioria dos mA�dicos recomenda a ingestA?o de 1 a 2 litros de A?gua por dia, indiferentemente da estaA�A?o do ano. Uma dica para saber a quantidade mA�nima de A?gua que vocA? precisa consumir diariamente, basta se pesar no comeA�o do dia e apA?s duas horas de trabalho. A diferenA�a representa o quanto de lA�quido foi gasto durante as atividades. Se vocA? perdeu 40 gramas, terA? que repor 40 ml de A?gua. Isso quer dizer que cada grama corresponde a 1 mililitro. Para se ter uma ideia, um copo representa, em mA�dia, 200 ml. A� o que revela Myrna Campagnoli, endocrinologista do LaboratA?rio Frischmann Aisengart.

A mA�dica explica que a quantidade de lA�quido pode variar, tambA�m, se o indivA�duo tiver uma alimentaA�A?o balanceada. a�?Algumas frutas possuem alto teor de A?gua, como a melancia, por exemplo. Se vocA? come uma fatia, que A� composta por 90% de A?gua, a quantidade a ser consumida em lA�quido diminuia�?, revela.

Outra dica sA?o as bebidas esportivas, que sA?o compostas por A?gua, eletrA?litos e carboidratos, que ajudam a repor o lA�quido perdido durante atividades fA�sicas. a�?Essa bebidas servem para evitar a desidrataA�A?o e preservar o bom funcionamento metabA?licoa�?, define.

Mas a Dra. Myrna lembra que os isotA?nicos devem ser ingeridos na quantidade certa. Para os exercA�cios com duraA�A?o superior a 1 hora, indica-se o consumo de 150 ml a 300 ml de uma bebida esportiva com concentraA�A?o de 4% a 8% de carboidrato a cada 20 minutos. a�?O consumo desnecessA?rio pode trazer problemas como a ingestA?o de quantidade excessiva de sA?dio e, por conter uma pequena quantidade de carboidratos, pode estimular o ganho de pesoa�?, destaca.

Principalmente em dias de calor, o endocrinologista indica tambA�m evitar esforA�os fA�sicos excessivos e manter hA?bitos de higiene. a�?A� importante fazer uso de roupas leves e evitar tanto a exposiA�A?o ao sol em dias quentes quantoA� prA?tica de exercA�cios debaixo do sol forte. E lembrar de lavar sempre as mA?os antes de cada refeiA�A?o, bem como os alimentos, que devem ser preparados corretamentea�?, conclui.

A Dra. Myrna explica que a desidrataA�A?o se caracteriza pela perda excessiva de A?gua, sais minerais e lA�quidos orgA?nicos no corpo, que podem impedir que o organismo realize suas funA�A�es normais. Ela ocorre se a A?gua eliminada pelo organismo nA?o for reposta. a�?Isso acontece quando a ingestA?o de lA�quidos A� insuficiente e pode trazer sA�rias consequA?ncias A� saA?dea�?, diz.

A desidrataA�A?o pode ser classificada de acordo com a gravidade, podendo ser leve, moderada ou grave. a�?No caso de leve ou moderada, a desidrataA�A?o pode causar sede exagerada, olheiras, boca e pele secas, dor de cabeA�a, sonolA?ncia e tonturas, alA�m da diminuiA�A?o da sudorese. No caso mais grave, esses sintomas se intensificam, podendo surgir outros como queda da pressA?o arterial, convulsA�es, falA?ncia dos A?rgA?os, podendo levar atA� A� mortea�?, revela.

O diagnA?stico pode ser feito atravA�s de avaliaA�A�es clA�nicas e exames. a�?Geralmente a desidrataA�A?o A� diagnosticada por meio das avaliaA�A�es mA�dicas, mas, caso necessA?rio, sA?o realizados exames de sangue, fezes e urinaa�?, conta.

A desidrataA�A?o pode ocorrer em todas as idades, desde recA�m-nascidos atA� idosos. a�?Nos primeiros seis meses de vida de uma crianA�a, o ideal para o tratamento A� o leite materno. ApA?s essa idade, no caso de desidrataA�A?o leve ou moderada, indica-se a ingestA?o de A?gua filtrada em intervalos curtos. JA? no caso de desidrataA�A?o grave, a reidrataA�A?o deve ser feita com o soro orala�?, explica.

A Dra. Myrna ressalta que, alA�m desses cuidados, o local onde a pessoa fica nesse perA�odo tambA�m A� fator importante para a recuperaA�A?o. a�?Para evitar a perda desnecessA?ria de suor, A� importante que a pessoa esteja em um local com temperatura ambientea�?, afirma.

Para a reidrataA�A?o A� recomendada a ingestA?o de A?gua diariamente, porA�m, a quantidade do lA�quido varia de pessoa para pessoa, dependendo das necessidades do organismo de cada um. a�?Cada pessoa deve beber a quantidade adequada para seu tipo fA�sico e para atender as suas necessidades diA?rias, pois existem fatores como estrutura corpA?rea, metabolismo e atA� o clima, que devem ser consideradosa�?, alerta.

Deixe uma resposta