Paraná Extra

Mesmo com prazo maior, 8 mil não entregaram declaração de IR

Mesmo com o adiamento do prazo por causa da pandemia, segundo dados da Receita Federal no Paraná, quase 8 mil paranaenses não declararam até a data limite.

A expectativa era de receber 2.070.000 declarações e foram recebidas 2.062.141 declarações.

Ainda de acordo com a RFB, o número de pessoas que não declararam no prazo, em 2020, é menor do que o registrado no ano passado. No  período  de  1º de maio até 31 de dezembro de 2019, foram 26.923 declarações em atraso de contribuintes que estavam obrigados e nãofizeram a entrega até o dia 30 de abril.

A multa para quem vai entregar a declaração, a partir de agora, terá um valor  mínimo de R$ 165,74 e o valor máximo correspondente a 20% do imposto devido. Além disso, deverá ser paga até 30 dias após a entrega da declaração.

Restituição

De  acordo  com o cronograma já divulgado pela Receita Federal, o número de lotes  de  restituição  diminuiu  de  sete  para  cinco,  sendo que os dois primeiros lotes já foram creditados em 29 de maio e 30 de junho.

O  segundo lote contemplou 194.236 contribuintes paranaenses no valor total de R$ 284,5 milhões e foi creditado em 30 de junho.

Em  31  de  julho  de  2020  será liberado o terceiro lote de restituições, referente às declarações do IRPF/2020.

Deixe uma resposta