Paraná Extra

MON reabre ao público com protocolos de segurança

O Museu Oscar Niemeyer (MON) reabriu ao público nesta sexta-feira (16) e segue as orientações de segurança determinadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Entre as várias medidas adotadas está o limite de pessoas para visitação nas salas expositivas e em todo o Museu, para garantir o distanciamento seguro. O material impresso, como guias e folders, foi substituído por versões digitais, disponíveis por QR codes.
O Museu reabre com a inédita exposição ‘Espécies Raras’, do artista britânico Tony Cragg, expoente da arte contemporânea. Também estão em cartaz as mostras: “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses – Segunda Edição”; “O Mundo Mágico dos Ningyos”; “Luz ≅ Matéria”; “África, Mãe de Todos Nós”; “Museu em Construção”; “Espaço Niemeyer”; “Cones” e obras do Pátio das Esculturas.

MON em casa

Durante o período em que o Museu ficou fechado, a instituição ofereceu virtualmente aos visitantes todas as suas atividades, como exposições, oficinas artísticas, programas específicos como Arte Para Maiores e Artistas do Acervo, mediações e outras.

Após a reabertura física do Museu, as atividades virtuais criadas durante a quarentena serão mantidas.

Durante o período de fechamento temporário, desde 17 de março, entre outras ações, o MON disponibilizou mais de 40 oficinas artísticas em posts e vídeos, em suas redes sociais, que alcançaram aproximadamente 260 mil pessoas. Todo o material está reunido neste hotsite.

Confira o protocolo de segurança para a reabertura do MON:

– Será permitida a entrada de até 200 pessoas por hora.

– Ingressos devem ser comprados preferencialmente pelo site.

– Máscaras de proteção são obrigatórias.

– Logo na entrada do Museu será feita a aferição de temperatura corporal e a higienização individual de bandejas porta-objetos e outros itens. Tapetes desinfetantes também foram instalados nesse local, para garantir a higienização dos calçados.

– Em diversos locais do Museu, há dispensadores com álcool em gel 70%.

– Como medida preventiva, os empréstimos de cadeiras de rodas e de carrinhos de bebê estão temporariamente suspensos para que não sejam compartilhados.

– Pessoas com mobilidade reduzida terão prioridade no uso dos elevadores e eles estarão liberados para uso individual ou por pessoas de um mesmo grupo de convivência (famílias, por exemplo).

– A visitação das salas expositivas, bem como de todo o Museu, terá um limite de pessoas, pois, apesar de serem amplas, precisamos seguir o distanciamento entre os visitantes.

– As oficinas artísticas e as visitas mediadas acontecem agora de forma virtual.

– Pessoas cegas ou com baixa-visão que desejem visitar o espaço tátil do programa MON Para Todos deverão obrigatoriamente agendar a sua visita pelo e-mail agendamento@mon.org.br, para que o museu possa organizar as medidas de higienização necessárias. Por segurança, o acesso a esse espaço não está disponível para os demais visitantes.

Deixe uma resposta