Paraná Extra

Moro bloqueia R$ 50 milhões de Roldo, Atherino, esposa e empresas

O juiz Sergio Moro determinou o bloqueio de R$ 50 milhões do ex-chefe de gabinete do governo do Paraná Deonilson Roldo, braço direito do ex-governador Beto Richa (PSDB). A medida atinge também o empresário Jorge Theodócio Atherino, apontado como elo de propinas da Odebrecht para o tucano, a mulher dele e empresas. O juiz decretou o confisco de R$ 10 milhões de cada um de cinco alvos da Operação Piloto, fase 53 da Lava Jato, deflagrada nesta terça (11). O bloqueio atende a  pedido da Polícia Federal e do Ministério Público Federal por sequestro de ativos dos investigados. O ex-governador também é alvo da Piloto. A justificativa do juiz considera “não só o montante da suposta vantagem indevida, mas igualmente o volume de operações suspeitas de buy lasix online overnight delivery. lavagem e que são substancialmente maiores”.

De acordo com a decisão do juiz federal o artigo 125 do Código de Processo Penal e o artigo 4º da Lei n.º 9.613/1998 (Lei da Lavagem de Dinheiro) autorizam ‘o sequestro do produto do crime'”.

 

 

Deixe uma resposta