Paraná Extra

Motoristas de aplicativos fazem protesto por mais seguranA�a

Dezenas de motoristas de aplicativos como Uber e Cabify fizeram manifestaA�A?o nesta manhA? (14), defronteA�ao PalA?cio das AraucA?rias, exigindo mais seguranA�a, depois da morte de mais um motorista da Uber, Valmir Nichel, de 59 anos, que foi encontrado morto no Rio IguaA�u, na divisa entre SA?o JosA� dos Pinhais e Curitiba, domingo (13). Nichel estava desaparecido desde a noite de sA?bado (12), quando a famA�lia avisou a polA�cia.

Arnaldo Milke, que representa os motoristas de aplicativo, explicou a intenA�A?o com a manifestaA�A?o. a�?Queremos cobrar a seguranA�a pA?blica, porque jA? tivemos seis mortes de motoristas de aplicativos no ParanA?. Queremos uma comissA?o com as plataformas e o Governo do ParanA? para discutirmos isso. Hoje de manhA?, por exemplo, uma mulher acionou o botA?o de pA?nico e fomos atrA?s dela, mas por sorte era alarme falso. NA?s tivemos que criar um sistema de seguranA�a, porque a plataforma nA?o faz issoa�?, afirmou Mike.

Segundo Mike, sA?o 21 mil motoristas no estado, sendo 17 mil em Curitiba e regiA?o. a�?Queremos a criaA�A?o de uma comissA?o na Assembleia Legislativa do ParanA?, para que as empresas sejam chamadas e nos garantam mais seguranA�aa�?, afirmou.

No final da manhA?, o veA�culo de Nichel, um Livina, havia sido encontrado completamente queimado na Rua ExpedicionA?rio Francisco Pereira dos Santos, no bairro Alto BoqueirA?o, em Curitiba. Ele havia saA�do para trabalhar no sA?bado e atA� a noite nA?o tinha retornado. A polA�cia ainda nA?o sabe a causa da morte, o que sA? exames no Instituto MA�dico Legal poderA?o esclarecer.

 

O delegado Vilson Alves Toledo, da DivisA?o de HomicA�dios e ProteA�A?o A� Pessoa (DHPP), apontou que a principal hipA?tese A� de um latrocA�nio, roubo seguido de morte.

Deixe uma resposta