Paraná Extra

MP alerta entidades de Londrina para que não estimulem retorno às atividades

Por meio da 24ª Promotoria de Justiça de Londrina, no Norte-Central paranaense, o Ministério Público do Paraná emitiu recomendação administrativa a diversas entidades patronais para que suspendam, de imediato, qualquer convite, convocação ou estímulo para que seus associados mantenham ou retomem as atividades.

Os destinatários das recomendações são a Associação Comercial e Industrial de Londrina, a Associação de Bares e Restaurantes de Londrina, o Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e de Serviços Contábeis de Londrina e Região, o Sindicato do Comércio Varejista de Londrina e Região e o Sindicato do Comércio Varejista de Veículos do município.

Os documentos ressaltam as determinações dos decretos estaduais recentes (4.942/2020 e 4.951/2020) que estabeleceram medidas sanitárias mais restritivas para o enfrentamento da Covid-19 em todo o Paraná, com determinação de aplicação imediata para os municípios da 17ª Regional de Saúde (com sede em Londrina) e suspensão do funcionamento das atividades econômicas não essenciais pelo período de 14 dias.

Deixe uma resposta