Paraná Extra

Nas estradas estaduais foram 5 mortes e 100 acidentes

As rodovias estaduais tiveram aumento de 17,65% nos acidentes e de 25% nas mortes durante os quatro dias de feriado prolongado de Corpus Christi em comparação com o mesmo período de 2018. Por outro lado, as fiscalizações com radares móveis e etilômetros para inibir o excesso de velocidade e a embriaguez ao volante também tiveram aumento. É o que aponta o balanço do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), responsável pelo policiamento e fiscalização viária estadual. A operação Corpus Christi iniciou-se às 14 horas de quarta-feira (19/06) e seguiu até a meia noite de domingo (23/06).

Neste ano, durante o feriado de Corpus Christi foram registrados 100 acidentes com 97 feridos e cinco óbitos, números superiores ao mesmo feriado de 2018, quando o BPRv teve 85 acidentes, 84 feridos e quatro óbitos. Sobre os atropelamentos, também houve um acréscimo de 250% (de dois para sete casos).

“Em que pese o aumento de acidentes e vítimas, aumentou-se também as fiscalizações com radares e etilômetros. Por mais que tenhamos reforçado as abordagens, ainda assim tivemos aumento de mortos e feridos, o que significa que a imprudência dos condutores é muito elevada”, avaliou o Comandante do BPRv, tenente-coronel Erich Wagner Osternack.

As fiscalizações de excesso de velocidade e de embriaguez ao volante foram intensificadas e, consequentemente, mais infrações foram registradas pelos policiais militares. O trabalho com os radares móveis resultou em 5.551 imagens de radar, sendo 3,5 mil flagrantes a mais que no Corpus Christi de 2018, quando foram feitas 1.664 imagens, refletindo um aumento de 233,59%.

No tocante à embriaguez, os policiais fizeram quase o dobro de testes etilométricos na comparação entre os feriados (96,88%). Neste ano foram 1.577 testes, com 12 infrações aplicadas e três prisões, contra 801 testes, 11 infrações registradas e seis encaminhamentos em 2018. As autuações de infrações de trânsito gerais seguiram a tendência de aumento com 60,33% (de 1.084 autos de infração para 1.738).

Nas praias, um dos destinos preferidos dos paranaenses, a 1ª Companhia do BPRv também reforçou a presença nas rodovias estaduais e registrou quatro acidentes com três feridos e nenhum óbito. Já no mesmo feriado do ano passado, houve dois acidentes com dois feridos e nenhuma morte.

Deixe uma resposta