Paraná Extra

Nova operação contra organização que atua dentro de presídios

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná cumpriu nesta quinta-feira, (25), mandados de prisão preventiva e temporária e de busca e apreensão, em apoio a operação do Ministério Público de Santa Catarina. A operação, batizada de Maserati, decorre de investigação do Gaeco de Santa Catarina relacionada a facção criminosa que atua a partir de presídios em vários Estados.

No Paraná, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão em Curitiba, Piraquara, Fazenda Rio Grande, Araucária, Foz do Iguaçu, Medianeira, Guaíra, Francisco Beltrão, Guarapuava e União da Vitória, bem como quatro mandados de prisão preventiva e 11 de prisão temporária nas residências dos investigados e nas Penitenciárias Estaduais de Piraquara e Francisco Beltrão e nas Cadeias Públicas de Guaíra e Guarapuava, onde alguns deles já se encontram presos.

É investigado o envolvimento de supostos membros da organização criminosa em tráfico de drogas, homicídios, roubos e venda de armas em todo o território nacional.

Os mandados foram expedidos pela Vara Criminal da Comarca de São Miguel do Oeste (SC).

Deixe uma resposta