Paraná Extra

Novo pedido de prisão contra o assassino de jovem no shopping

O delegado Jaime da Luz, da Delegacia de Homicídios de Curitiba, fez ao Ministério Público do Paraná um novo pedido de prisão contra o construtor Aldeildo Fonguer, já indiciado pela morte do músico Andersandio Soares Franco, conhecido como “Lacraia”, no bairro Água Verde, em Curitiba, no último dia 21.

 

O pedido foi feito nesta segunda-feira (12), 16 dias depois da Justiça negar o primeiro pedido de prisão preventiva de Fonguer feito pelo delegado Rubens Recalcatti. Agora, os promotores podem representar ou não pela prisão do acusado, que está em liberdade desde o dia 25 quandos e apresentou à polícia.

 

Para o delegado Jaime da Luz, não há dúvidas de que Aldeido Fongher atirou e matou Andersandio e, por isso, um novo pedido de prisão foi feito. O acusado alegou em sua defesa que estaria sendo ameaçado pela vítima depois de uma briga na feirinha em frente ao shopping dias antes do crime.

No último dia 8, a mãe da vítima acusou o delegado Recalcatti de ter enviado à Justiça um inquérito mal feito, o que teria feito com que o acusado ficasse em liberdade. O delegado recalcatti, por sua vez, rebateu as acusações da família de Andersandio dizendo que o inquério foi feito dentro da lei. “Se o pedido de prisão preventiva foi indeferido é uma questão da justiça e não posso responder por que. Quem decreta a prisão não sou eu”, afirmou.

 

O delegado Jaime da Luz, responsável pela investigação, reiterou que o primeiro pedido de prisão foi bem embasado e que o fato do acusado estar em liberdade não atrapalhou as investigações.

(Portal Banda B)

 

Deixe uma resposta