Paraná Extra

Novos A?nibus biarticulados terA?o velocidade mA?xima programada

A nova geraAi??A?o de biarticulados que comeAi??arA? a circular em 28 de marAi??o em Curitiba terA? tecnologias inovadoras e alto grau de conectividade embarcada. Entre os recursos avanAi??ados, a restriAi??A?o da velocidade dos A?nibus por trecho permitirA? o controle automatizado, diminuindo riscos de acidentes.

A tecnologia Ai?? inAi??dita para A?nibus na AmAi??rica Latina. Por meio de monitoramento remoto e geolocalizaAi??A?o (GPS), os A?nibus podem ser programados Ai?? distA?ncia pelo operador do sistema para limitaAi??A?o de velocidade em A?reas determinadas ou em horA?rios especiais e em regiAi??es prA?ximas a escolas, hospitais e outros pontos de muito movimento.

ai???Quando programada a velocidade mA?xima, o carro nA?o ultrapassa o limite mesmo que o motorista pise no acelerador. O recurso aumenta a seguranAi??a em A?reas prA?ximas a hospitais, escolas, terminais e em locais com alto fluxo de pedestresai???, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs (UrbanizaAi??A?o de Curitiba S/A).

A restriAi??A?o de velocidade poderA? ser usada, por exemplo, na regiA?o da PraAi??a do JapA?o, onde os novos A?nibus circularA?o na nova linha ligeirA?o Santa CA?ndida-PraAi??a do JapA?o. AlAi??m da regiA?o da praAi??a, a Urbs mapearA? outros trechos e horA?rios para programar as velocidades mA?ximas da nova frota.

Os passageiros com destino final Ai?? PraAi??a do JapA?o desembarcarA?o na estaAi??A?o-tubo Bento Viana. O A?nibus contornarA? a praAi??a vazio, com velocidade reduzida (mA?xima de 30 km/h) e farA? o caminho de volta (os passageiros embarcarA?o na estaAi??A?o que fica tambAi??m prA?xima Ai?? Bento Viana, sentido ao Santa CA?ndida).

AlAi??m da seguranAi??a, o controle automA?tico de velocidade trarA? mais conforto aos passageiros. ai???Podemos programar a velocidade mA?xima antes das paradas nas estaAi??Ai??es, melhorando a seguranAi??a e o conforto do passageiro no momento da frenagem do A?nibusai???, explica Neto.

Outra tecnologia de seguranAi??a dos novos veAi??culos Ai?? a suspensA?o e freio eletrA?nico e tambAi??m o sistema dayligth (luz diurna), que melhora a visibilidade do veAi??culo.

Menos poluente

A nova frota de biarticulados Ai?? tambAi??m menos poluente. Com motor Euro 5, os novos biarticulados atendem regulamentaAi??Ai??es internacionais de controle de poluentes.

Para o veAi??culo rodar, alAi??m do diesel Ai?? necessA?rio abastecer o motor com um composto de urAi??ia (arla 32) que reduz em pelo menos 60% as emissAi??es de poluentes do veAi??culo. ai???Este insumo provoca uma espAi??cie de neutralizaAi??A?o das partAi??culas poluentesai???, diz o presidente da Urbs.

CA?meras

A carroceria tambAi??m tem novidades. Os A?nibus virA?o equipados com cA?meras de monitoramento. SerA?o oito cA?meras por veAi??culo, sete na parte interna e uma voltada para fora.

A cA?mera externa ficarA? ligada a um monitor no painel do motorista. ai???O sistema serA? padrA?o, de agora em diante, nos novos biarticulados e serve como apoio para o motorista estacionar o A?nibus com precisA?o nas plataformas das estaAi??Ai??es, melhorando a seguranAi??a no embarque e desembarque dos passageiros. Ele tambAi??m ajuda a diminuir riscos de acidentes pois melhora a visualizaAi??A?o externaai???, explica o presidente da Urbs.

AlAi??m das cA?meras, os novos biarticulados terA?o dois espaAi??os para cadeirantes. AtAi?? entA?o, era apenas um.

Deixe uma resposta