Paraná Extra

OAB A� favorA?vel a afastamento de Moro e Dallagnol

pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru, pillsdiscountrx.ru.

O Conselho Federal e o ColA�gio de Presidentes Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovaram ontem, por unanimidade, a recomendaA�A?o para o afastamento dos cargos pA?blicos de todos os envolvidos no caso dos supostos diA?logos entre integrantes da Lava Jato divulgados pelo site The Intercept. A nota pA?blica aprovada nA?o cita nominalmente o ministro da JustiA�a, Sergio Moro, nem o procurador da RepA?blica Deltan Dallagnol, cujas conversas foram divulgadas.
Na nota, a OAB manifesta a�?preocupaA�A?oa�? e a�?perplexidadea�? tanto com o conteA?do dos supostos diA?logos quanto com a possibilidade de as autoridades terem sido a�?hackeadasa�?. Para a entidade, esses fatos trazem a�?grave risco A� seguranA�a institucionala�? e a�?ameaA�am os alicerces do Estado DemocrA?tico de Direitoa�?.
a�?Este quadro recomenda que os envolvidos peA�am afastamento dos cargos pA?blicos que ocupam, especialmente para que as investigaA�A�es corram sem qualquer suspeitaa�?, diz a nota.
JuA�zes – A AssociaA�A?o Nacional dos Procuradores da RepA?blica (ANPR) divulgou uma nota em que afirma que cobrarA? das autoridades competentes a a�?apuraA�A?o rigorosaa�? das informaA�A�es publicadas no site The Intercept Brasi. O esclarecimento do episA?dio tambA�m foi defendido em nota pela AssociaA�A?o dos JuA�zes Federais do Brasil (Ajufe).
Em nota, a ANPR reiterou a a�?confianA�aa�? no trabalho desenvolvimento pelos integrantes do MinistA�rio PA?blico Federal que atuam nos casos da Lava Jato. a�?Os dados utilizados pela reportagem, se confirmada a autenticidade, foram obtidos de forma criminosa, por meio da captaA�A?o ilA�cita de conversas realizadas, violando os postulados do Estado DemocrA?tico de Direitoa�?, informou a ANPR.
A Ajufe, por sua vez, disse que as informaA�A�es divulgadas pelo site a�?precisam ser esclarecidas com maior profundidade, razA?o pela qual a Ajufe aguarda serenamente que o conteA?do do que foi noticiado e os vazamentos que lhe deram origem sejam devida e rigorosamente apuradosa�?.

Deixe uma resposta