Paraná Extra

Paraguai barra brasileiros sem carteira de vacinaAi??A?o contra febre amarela

A 10Ai?? RegiA?o SanitA?ria do Paraguai informou que de dois a trA?s brasileiros tem entrada negada no paAi??s diariamente por Cidade do Leste, por nA?o apresentarem comprovante de vacinaAi??A?o contra a febre amarela. A carteira de vacinaAi??A?o passou a ser pedida em 1Ai?? de fevereiro deste ano, por determinaAi??A?o do MinistAi??rio de SaA?de PA?blica e Bem Estar Social, como forma de impedir que a doenAi??a entre no paAi??s.
A exigA?ncia da vacina contra febre amarela vale para qualquer pessoa que procura a aduana paraguaia da Ponte Internacional da Amizade, para pedir permissA?o para viajar pelo paAi??s. A vacina tambAi??m Ai?? exigida Ai?? pessoas que deixam o Paraguai com destino Ai?? estados brasileiros considerados de risco, como SA?o Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. A carteira nA?o Ai?? obrigatA?ria para quem tem como A?nico destino Cidade do Leste.

O MinistAi??rio da SaA?de do Paraguai informa que pessoas com viagem planejada para estes destinos considerados como zonas de risco, devem se vacinar com prazo mAi??nimo de 10 dias. O ministAi??rio ressalta, que uma dose Ai?? suficiente para ficar imune contra a febre amarela por toda a vida. Pessoas com contraindicaAi??A?o Ai?? vacina, como imunodeprimidos e com hipersensibilidade ao ovo e derivados, ficam dispensados da exigA?ncia, considerando o risco epidemiolA?gico de contrair a doenAi??a, principalmente grA?vidas e idosos.

Sintomas

A febre amarela Ai?? uma doenAi??a infecciosa grave, causada por vAi??rus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vAi??rus nA?o chega a apresentar sintomas ou os mesmos sA?o muito fracos. As primeiras manifestaAi??Ai??es da doenAi??a sA?o repentinas: febre alta, calafrios, cansaAi??o, dor de cabeAi??a, dor muscular, nA?useas e vA?mitos por cerca de trA?s dias. A forma mais grave da doenAi??a Ai?? rara e costuma aparecer apA?s um breve perAi??odo de bem-estar (atAi?? dois dias), quando podem ocorrer insuficiA?ncias hepA?tica e renal, icterAi??cia (olhos e pele amarelados), manifestaAi??Ai??es hemorrA?gicas e cansaAi??o intenso. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunizaAi??A?o permanente contra a febre amarela.

TransmissA?o

A febre amarela ocorre nas AmAi??ricas do Sul e Central, alAi??m de em alguns paAi??ses da A?frica e Ai?? transmitida por mosquitos em A?reas urbanas ou silvestres. Sua manifestaAi??A?o Ai?? idA?ntica em ambos os casos de transmissA?o, pois o vAi??rus e a evoluAi??A?o clAi??nica sA?o os mesmos ai??i?? a diferenAi??a estA? apenas nos transmissores. No ciclo silvestre, em A?reas florestais, o vetor da febre amarela Ai?? principalmente o mosquito Haemagogus e do gA?nero Sabethes. JA? no meio urbano, a transmissA?o se dA? atravAi??s do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecAi??A?o acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraAi??do a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em A?reas florestais e Ai?? picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doenAi??a, a pessoa pode se tornar fonte de infecAi??A?o para o Aedes aegypti no meio urbano. AlAi??m do homem, a infecAi??A?o pelo vAi??rus tambAi??m pode acometer outros vertebrados. Os macacos podem desenvolver a febre amarela silvestre de forma inaparente, mas ter a quantidade de vAi??rus suficiente para infectar mosquitos. O macaco nA?o transmite a doenAi??a para os humanos, assim como uma pessoa nA?o transmite a doenAi??a para outra. A transmissA?o se dA? somente pelo mosquito. Os macacos ajudam a identificar as regiAi??es onde estA?o acontecendo a circulaAi??A?o do vAi??rus. Com estes dados, o governo distribui estrategicamente as vacinas no territA?rio nacional.

PrevenAi??A?o

Como a transmissA?o urbana da febre amarela sA? Ai?? possAi??vel atravAi??s da picada de mosquitos Aedes aegypti, a prevenAi??A?o da doenAi??a deve ser feita evitando sua disseminaAi??A?o. Os mosquitos criam-se na A?gua e proliferam-se dentro dos domicAi??lios e suas adjacA?ncias. Qualquer recipiente como caixas dai??i??A?gua, latas e pneus contendo A?gua limpa sA?o ambientes ideais para que a fA?mea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerA?o larvas que, apA?s desenvolverem-se na A?gua, se tornarA?o novos mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acA?mulo de A?gua parada em recipientes destampados. Para eliminar o mosquito adulto, em caso de epidemia de dengue ou febre amarela, deve-se fazer a aplicaAi??A?o de inseticida atravAi??s do ai???fumacA?ai???. AlAi??m disso, devem ser tomadas medidas de proteAi??A?o individual, como a vacinaAi??A?o contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram ou vA?o viajar para A?reas com indAi??cios da doenAi??a. Outras medidas preventivas sA?o o uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.

A populaAi??A?o de e SA?o Paulo, Rio de Janeiro e Bahia receberA? a dose fracionada da vacina de febre amarela. A meta Ai?? vacinar 95% de 19,7 milhAi??es. O objetivo Ai?? evitar a circulaAi??A?o e expansA?o do vAi??rus. A dose padrA?o da vacina continuarA? sendo administrada em alguns grupos conforme a tabela abaixo.

Deixe uma resposta