Paraná Extra

Paraguai começa reabertura mas fronteira ficará fechada

O Paraguai iniciou nesta segunda-feira (25) a segunda fase da “quarentena inteligente” com o fim do rodízio de veículos, aumento da idade de risco para 65 anos e reabertura de lojas até 800m².
O decreto N° 3619, que regulamento a fase 2, foi assinada no último domingo pelo presidente Mário Abdo Benítez, estabelecendo as medidas de emergência sanitária em todo o território nacional.  Já, a abertura da fronteira com o Brasil ainda não tem data para acontecer e vem sendo prorrogada.

Nesta fase o deslocamento de pessoas estará permitido das 5h às 21h. O ministro da Saúde do Paraguai, Julio Mazzoleni, informou que esta fase deve durar três semanas.

“Quero esclarecer que não se trata de adiantar coletivos ou setores econômicos, mas sim, que estes setores de adequem a fase em que estamos. Os que se conseguem se adequar passarão a fase seguinte, o que não conseguir, continua na fase em que corresponde”, explicou.

Atividades e serviços permitidos:

– Lojas até 800m², sendo estudada a abertura de centros comerciais e shoppings.
– Escritórios corporativos, por grupos e turnos escalonados.
– Construção, obras civil em geral.
– Esportes profissionais sem plateia.
– Eventos culturais sem plateia.

As medidas serão avaliadas no dia 11 de junho, para então definir as medidas para a terceira etapa da quarentena, prevista para o dia 15 de junho, onde está previsto a abertura de shoppings e complexos esportivos.

Deixe uma resposta