Paraná Extra

ParanA? na rota de atuaAi??A?o da PF em fraudes contra o Enem

A PolAi??cia Federal (PF) em Pernambuco, com apoio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais AnAi??sio Teixeira (INEP) deflagrouAi??0ntem (12)Ai??a OperaAi??A?o Passe FA?cil, visando coibir esquema de fraudes no Exame Nacional de Ensino MAi??dio (Enem)

Foram cumpridasAi??31 ordens judiciais de conduAi??A?o coercitiva e busca e apreensA?o em 13 Estados da FederaAi??A?o (PE, BA, CE, ES, GO, MA, MG, MT, PA, PI, PR, RN e SP), alAi??m do Distrito Federal, locais onde foi possAi??vel detectar indAi??cios de fraudes.

A operaAi??A?o buscou desvendar e desarticular esquema de candidatos interessados em fraudar o certame mediante a resoluAi??A?o da prova por especialistas em determinado bloco de questAi??es de prova, chamados de pilotos, que posteriormente repassavam os gabaritos aos candidatos que os contrataram, inclusive por intermAi??dio de pontos eletrA?nicos.

ai???Os resultados ainda estA?o sendo computados, mas jA? foi possAi??vel colher depoimentos e apreensA?o de celulares dos investigados, sendo confirmada a participaAi??A?o de candidatos em fraudes em certames anterioresai???, diz a nota da PF.

A deflagraAi??A?o buscou, assim, garantir a lisura do certame e a igualdade entre os candidatos, sendo executada com discriAi??A?o para nA?o prejudicar a tranquilidade necessA?ria para o bom andamento das provas.

Os crimes que estA?o sendo investigados sA?o estelionato (artigo 171, parA?grafo 3A?), uso de documento falso (artigo 304), fraudes em certames de interesse pA?blico (e 311-A), associaAi??A?o criminosa (Artigo 2A? da lei nA? 12.850/13), cujas penas ultrapassam os 25 anos de reclusA?o.

Deixe uma resposta