Paraná Extra

ParanA? tambAi??m Ai?? considerado A?rea de risco para a febre amarela

Todos os viajantes internacionais que vA?o visitar qualquer A?rea dos estados da RegiA?o Sul do Brasil (ParanA?, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) devem se vacinar contra a febre amarela. A recomendaAi??A?o Ai?? da OrganizaAi??A?o Mundial da SaA?de (OMS). AtAi?? entA?o, algumas partes desses estados nA?o eram consideradas A?reas de risco para a doenAi??a.

A febre amarela Ai?? uma doenAi??a infecciosa febril aguda, cuja transmissA?o Ai?? feita por um mosquito.

De acordo com a OrganizaAi??A?o Pan-Americana de SaA?de (Opas), braAi??o da OMS nas AmAi??ricas, a decisA?o foi tomada devido Ai?? progressA?o da transmissA?o da doenAi??a no paAi??s desde o final de 2016.

OrganizaAi??A?o Mundial da SaA?de recomenda a estrangeiros que se vacinem contra febre amarela antes de viagens para o Sul do Brasil (Flavia Villela/AgA?ncia Brasil)

A entidade destacou que A?reas metropolitanas densamente povoadas, como Rio de Janeiro e SA?o Paulo, nA?o eram consideradas de risco para a transmissA?o do vAi??rus atAi?? abril de 2017. AlAi??m disso, entre 1A? de julho de 2017 e 2 de maio de 2018, foram confirmados no Brasil 1.257 casos de febre amarela, incluindo 394 A?bitos.

InfecAi??A?o por febre amarela
No mesmo perAi??odo, segundo a Opas, foram notificados 19 casos confirmados de infecAi??A?o por febre amarela entre viajantes internacionais nA?o vacinados, incluindo trA?s detectados no Brasil e 16 na Alemanha, Argentina, FranAi??a, Holanda, Reino Unido, RomA?nia e SuAi??Ai??a. Pelo menos nove dos casos relatados haviam viajado para Ilha Grande, em Angra dos Reis (RJ).

ai???Esse cenA?rio leva a crer que, nos prA?ximos meses, a disseminaAi??A?o do vAi??rus causador da doenAi??a continue ao longo do ecossistema da Mata AtlA?ntica no estado de SA?o Paulo, em direAi??A?o ao ParanA? e aos outros dois estados do sul do paAi??s (Santa Catarina e Rio Grande do Sul)ai???, informou a Opas.

A dose contra a febre amarela jA? era recomendada para viajantes internacionais que se dirigem a estados do Centro-Oeste, Sudeste e Norte do Brasil, alAi??m do MaranhA?o e partes dos estados da Bahia e do PiauAi??. A Opas recomenda que a vacinaAi??A?o seja feita pelo menos dez dias antes da viagem.

Deixe uma resposta