Paraná Extra

Paraná tem quase 3.200 presos portadores da Covid-19

Desde o início da pandemia, em março do ano passado, 3.198 presos testaram positivo para Covid-19 no Paraná, de acordo com um levantamento divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça na quarta-feira (24). Ao todo, o estado possui 33 mil detentos, divididos em 33 penitenciárias e 37 cadeias.
Durante este período, foram registradas nove mortes de detentos vítimas do novo coronavírus no sistema prisional paranaense.

Entre os servidores do sistema prisional, de penitenciárias e cadeias públicas, foram 649 pessoas infectadas e três mortas.

No Sistema Socioeducativo, o Paraná soma 20 adolescentes em privação de liberdade diagnosticados com Covid-19, além de 144 servidores com casos confirmados.

Em todo o Brasil, somente nos primeiros meses de 2021, foram registrados 7,8 mil novos casos oficiais da Covid-19 entre pessoas em privação de liberdade e servidores, conforme o CNJ. No total, os estabelecimentos dos sistemas prisional e socioeducativo já contabilizaram 68,9 mil ocorrências desde o início da pandemia.

Segundo o CNJ, o acompanhamento sobre a situação da pandemia nessas instituições é feito pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF/CNJ), a partir de dados disponibilizados pelas autoridades locais.

A população privada de liberdade entra nos grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19, depois dos profissionais da saúde, idosos, pessoas com comorbidades, povos indígenas, quilombolas ou ribeirinhos, pessoas com deficiência e em situação de rua.

Deixe uma resposta