Paraná Extra

Parte das sementes misteriosas da Ásia são de pragas

O Ministério da Agricultura divulgou que analisou até o momento, 36 amostras de pacotes de sementes com origem desconhecida que chegaram do exterior na casa de brasileiros. Desse total, 47% apresentaram algum risco fitossanitário ao país.
As sementes, segundo o Ministério, teriam vindo de países da Ásia. Desde o mês de agosto deste ano há relatos de recebimento não solicitado das sementes em várias regiões do país.

Em todo o Brasil, até o final de outubro foram recebidos 525 pacotes de sementes não solicitadas. No Paraná, 66 pacotes foram recebidos pela Agência de Defesa Agropecuária (Adapar) até o início da manhã desta quinta-feira (26) e nove plantas.

Em Curitiba, foram contabilizados 16 pacotes de sementes. Em São José dos Pinhais foram três pacotes, e em Almirante Tamandaré e Pinhais, um cada.

O gerente de sanidade vegetal da Agência de Defesa Agropecuária (Adapar) Renato Rezende destaca que pela análise do Ministério da Agricultura, parte das sementes são de pragas chamadas de quarentenárias, que podem trazer sérios prejuízos para a agricultura.

Deixe uma resposta