Paraná Extra

PokA�mon GO vira ferramenta poderosa para atrair clientes

O PokA�mon GO mal desembarcou no Brasil e jA? virou febre entre pessoas de todas as faixas etA?rias, mas, especialmente, para os jovens. De olho nesse pA?blico e dentro de um dos 15 maiores mercados para jogos no mundo, empresas se aproveitam da mecA?nica do PokA�mon GO para atrair clientes. a�?Ainda estamos descobrindo a dimensA?o do potencial de marketing que o jogo tem, mas jA? podemos utilizar algumas ferramentas, como ativar PokA�Stops prA?ximas A�s lojas e treinar vendedores para interagir com os caA�adores dos monstrinhos atraA�dos, por exemploa�?, afirma o professor do curso de Jogos Digitais do Centro TecnolA?gico Positivo, Rafael Baptistella Luiz.

 

Para testar algumas das estratA�gias, Baptistella contou com o apoio do LaboratA?rio de Varejo da Escola de ComunicaA�A?o e NegA?cios da Universidade Positivo (UP). O teste estA? sendo realizado na Loja da FA?brica Positivo, localizada na rua Marechal Deodoro, 50, no Centro de Curitiba, na qual sA?o vendidos notebooks, desktops, all-in-one, tablets, celulares e smartphonesA�com preA�os especiais. AlA�m de buscar novas possibilidades para que empresas utilizem o jogo para atrair clientes, o estudo visa mensurar a efetividade da ferramenta. Por meio de uma PokA�Stop, com custo relativamente baixo, um mA?dulo A� ativado para atrair o PokA�mon atA� as redondezas da loja. “O mA?dulo faz com que os jogadores que estejam no aplicativo observem no mapa do jogo que ali por perto tem algo ativo. Eles vA?o atA� lA? e pegam os PokA�monsa�?, explica Baptistella.

 

No primeiro dia de estudo, o jogo gerou um fluxo de dois novos clientes a cada 15 minutos de testes. Para a coordenadora do LaboratA?rio de Varejo da Escola de ComunicaA�A?o e NegA?cios da UP, FabA�ola Paes, o PokA�mon GO jA? A� um marco da tendA?ncia de fusA?o das experiA?ncias on e off-line do consumidor, jA? que o jogo coloca os monstrinhos em espaA�os fA�sicos. “Vivemos a era da omniexperiA?ncia no varejo. O consumidor nA?o distingue mais a diferenA�a da experiA?ncia de compra no ambiente on-line e off-line. Ele fica no centro da experiA?ncia e de relacionamento com as marcas e estA? preparado para aderir a uma nova jornada de comprasa�?, ressalta FabA�ola. Para ela, o jogo populariza um comportamento que jA? vem sendo experimentado hA? algum tempo pelas marcas que A� a realidade aumentada, na qual o espaA�o real interage com elementos virtuais.

 

Fora do Brasil, o McDonaldA?s foi a primeira marca a se associar oficialmente ao game. No JapA?o, aA�rede confirmou que seus trinta mil restaurantes terA?o localizaA�A?o patrocinada no jogo. Nos Estados Unidos, cafeterias e restaurantes jA? usam o PokA�mon GO para atrair clientes.A�Um dos cases atA� o momento A� o da pizza bar La��Inizio, em Nova York, que ativou o recurso a�?mA?dulo de atraA�A?oa�? e registrou um aumento de vendas de 75% em um fim de semana. Para o New York Post, o gerente do estabelecimento disse que gastou 10 dA?lares para ter uma dA?zia de monstrinhos colocados no local. a�?Diversas empresas nacionais e estrangeiras jA? planejam aA�A�es de marketing para tirar proveito do sucesso que o jogo da Niantic tem registrado em escala globala�?, afirma FabA�ola. Segundo ela, o principal desafio do estudo A� descobrir como converter o fluxo gerado em novas vendas.

Deixe uma resposta