Paraná Extra

Polêmico projeto do ParanáPrevidência volta para a Assembléia

Depois de retirado da pauta de votação da Assembleia Legislativa, o projeto de lei que propõe uma alteração no Plano de Custeio e Financiamento da ParanáPrevidência deve voltar ao debate somente na semana que vem. A proposta havia sido assinada pelo ex-governador Beto Richa um dia antes de ele deixar o cargo para concorrer a uma vaga no Senado Federal. Nesta quinta-feira (12), a governadora Cida Borghetti afirmou que o texto foi retirado da ordem do dia para que os técnicos da Secretaria Estadual da Fazenda e da ParanáPrevidência possam fazer ajustes pontuais no texto.

Foi essa reforma na Paraná Previdência que deu início aos protestos em 2015, culminando na violência do dia 29 de abril daquele ano. O projeto pretende retirar do plano de custeio e financiamento do órgão um dispositivo que limita em 22% do total da folha de pagamento do Fundo de Previdência os aportes que deverão ser feitos ao fundo a partir de 2030. Ou seja, o projeto permitiria contribuições maiores do governo do estado ao Fundo de Previdência.

 

Deixe uma resposta