Paraná Extra

Policia Civil e MP investigam novos fura-filas da vacina

A Polícia Civil do Paraná está apurando casos em que indivíduos estariam furando a fila da vacinação contra a Covid-19. O trabalho acontece em conjunto com o Ministério Público da Saúde e do Patrimônio Público.

A ação visa punir criminal, administrativa e civilmente casos em que o suspeito venha a desobedecer as normativas da vacinação, não respeitando a ordem dos grupos a serem vacinados.
Neste caso, o indivíduo estará descumprindo uma medida sanitária preventiva, caracterizando um crime com pena de até um ano de prisão.

Em casos em que o suspeito é servidor público, ele ainda poderá responder por improbidade administrativa e até mesmo perder o cargo.

Deixe uma resposta