Paraná Extra

Policia faz operação contra descarte de óleo em 9 estados

Policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) fazem uma operação para combater o descarte ilegal do óleo lubrificante. A polícia suspeita que uma quadrilha que atua em todo o Brasil fazia a venda de “combustível batizado”, que mistura óleo queimado com Diesel. A ação foi batizada de “Oluc” e cumpre 49 mandados de busca e apreensão em cidades do Paraná, Goiás, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais.
Empresas que fazem a coleta, armazenamento e o rerrefino de óleo lubrificante usado e contaminado de forma irregular são alvos da operação. O rerrefino é espécie de reciclagem do óleo evitando danos ambientais.
Até a última atualização da reportagem, cinco pessoas tinham sido presas em flagrante e mais de 78 mil litros de óleo queimado tinham sido apreendidos.
De acordo com as investigações, há provas de que, na prática, empresas sem autorização da Agência Nacional de Petróleo (ANP) manipulam e transportam o óleo lubrificante provocando danos ao meio ambiente, com risco de explosão.
Caminhões sem qualquer tipo de licença usados para fazer o transporte de óleo usado foram flagrados pelos policiais, ainda conforme as investigações.
A Polícia Civil informou que, de acordo com a ANP, 12 empresas estão aprovadas para recolher o óleo usado e 13 outras empresas autorizadas a fazer o rerrefino.

Deixe uma resposta