Paraná Extra

Policia investiga suspeita de estupro no litoral

Uma adolescente de 14 anos foi encontrada afogada na praia de Guaratuba, no litoral do Paraná, por volta das 6h de terça-feira (3). De acordo com o delegado da Operação Verão Fábio Machado dos Santos, a garota foi encaminhada para o Hospital de Paranaguá, também no litoral, com lesões graves no rosto e nas partes íntimas. Há suspeita de estupro e estrangulamento.

“As investigações preliminares apontam que ela teria saído de manhã cedo pra ver o nascer do sol. Na  praia, ela teria sido atacado por um homem moreno, de aproximadamente 1,75 m de altura”, relatou o delegado.
O delegado Luiz Carlos de Oliveira disse, em entrevista ao Paraná TV, que a garota havia combinado com a família de sair cedo para fotografar o nascer do sol. Logo que o despertador tocou, ela saiu de casa e quando o pai dela acordou, já não a encontrou em casa.

“Ela teria sido jogada na maré e a maré trazido ela de volta”, contou o delegado Dos Santos. Segundo a polícia, o próprio pai encontrou a adolescente na praia e chamou a Polícia Militar. A garota foi resgatada com dificuldade respiratória, por quase ter se afogado. Ela foi levada para o hospital em estado grave.
Uma equipe de investigadores da polícia acompanha o caso e prepara um relatório com as informações coletadas até agora. O documento deve ser divulgado ainda nesta quinta-feira (5).
“Foi um crime bárbaro e a gente não pode deixar isso impune”, finalizou Dos Santos. A adolescente está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em coma induzido, do Hospital de Paranaguá.
Caso Morro do Boi
Em 31 de janeiro de 2009, um casal de estudantes foi atacado em uma trilha no Morro do Boi, em Matinhos, no litoral paranaense. O jovem Osíris Del Corso foi baleado e morreu no local. A namorada também foi atingida por um disparo e vítima de estupro. O caso violento teve repercussão nacional.

(G1 PR)

Deixe uma resposta