Paraná Extra

Policia investiga venda de medicamento abortivo

A Polícia Civil do Paraná cumpriu cinco mandados de busca e apreensão contra suspeitos de vender medicamentos abortivos em Guarapuava, na região central do Paraná, na manhã desta terça-feira (7). Um dos mandados foi cumprido em um gabinete da Câmara Municipal da cidade.Segundo o delegado Bruno Maciozek, um dos cinco alvos é uma pessoa com cargo político na cidade, mas a polícia não informou os nomes dos alvos. Foram cumpridos mandados também nas casas dos investigados.
A Polícia Civil informou que foram apreendidos celulares e documentos.
Investigação
Segundo o delegado, a polícia descobriu a venda dos medicamentos que tem comercialização proibida no Brasil durante as investigações decorrentes da Operação Petrus, que apura o tráfico de cocaína em Guarapuava.
As investigações apontaram que um suspeito investigado por tráfico também está envolvido na venda dos remédios.
De acordo com o delegado, a polícia agora vai investigar se a comercialização do medicamento acontecia de forma reiterada e qual o envolvimento de todos os alvos da operação nos crimes.
Ninguém foi preso.

Deixe uma resposta