Paraná Extra

Policia prende presidente de cooperativa habitacional

Policiais civis de Realeza deflagraram na manhã de ontem (13), a Operação Terra do Nunca com objetivo de prender o presidente da Cooperativa Habitacional de Realeza, Benedito Emilio Alves Costa, de 60 anos. Ele estava sendo investigado pela polícia pelos crimes de loteamento ilegal, posse ilegal de arma de fogo e estelionato.

 

De acordo com a polícia, em 10 dias de investigações e mais de 550 páginas de provas, apontaram que pelo menos uma centena de pessoas foram enganadas por Costa. Segundo o delegado da comarca, Matheus Araujo Laiola, o crime gerou uma grande repercussão social pelas inúmeras vítimas que foram lesadas. “Foram mais de 100 vítimas e certamente com a prisão de Costa a população sentirá que a Justiça está sendo feita”.

 

Costa já tinha sido preso em flagrante no inicio do mês mas foi beneficiado com liberdade provisória concedida em uma liminar pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

 

Na sexta-feira (10) o TJ revogou a liminar e emitiu o mandado de prisão cumprido nesta manhã. Costa foi encaminhado ao setor de carceragem provisória (Secat) da delegacia de Realeza, onde aguarda decisão da Justiça.

Deixe uma resposta