Paraná Extra

Prefeito do litoral endurece para cumprir toque de recolher

O avanço de casos de Covid-19 no litoral do Paraná, fez com que o prefeito de Matinhos, Zé da Ecler, recorrer às redes sociais para avisar a população que os trabalhos da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) serão intensificados.

Ele gravou ainda um apelo aos moradores, comerciantes e turistas para que respeitem o decreto estadual que estabelece o toque de recolher das 23 às 5 horas, implantado com um forma de tentar minimizar o avanço do coronavírus.
Desde o final do ano as ruas das cidades litorâneas continuam lotadas de gente até a madrugada, a maioria inclusive sem usar máscaras e promovendo aglomeração. A Policia Militar já acabou com várias festas na Paria Mansa de Caiobá em plena madrugada.

As medidas de restrição de mobilidade foram prorrogadas pelo governo estadual até o dia 31 de janeiro. O decreto nº 6.599 mantém as restrições de circulação e distanciamento social determinadas no início de dezembro. Continua mantida a limitação de horário para circulação de pessoas no período noturno, o chamado “toque de recolher”, das 23 horas às 5 horas. Não estão incluídos nesta restrição serviços essenciais como saúde e segurança pública.

Deixe uma resposta