Paraná Extra

Prefeitura licita obra que estava programada para a Copa 2014

A Secretaria de Obras Públicas da Prefeitura de Curitiba abriu, nesta quinta-feira (30), o edital de licitação para retomada das obras de reforma e ampliação do terminal Santa Cândida.

O processo será feito através do Regime Diferenciado de Contratação (RDC) – presencial, do tipo maior desconto. O valor inicial é de R$ 3,7 milhões (R$ 3.726.394,70), através de um convênio com a Caixa Econômica Federal.

Para o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, Eduardo Pimentel, a expectativa é concluir todo o processo licitatório para começar até março as obras. “Depois de iniciada, queremos em no máximo seis meses entregar o terminal Santa Cândida realmente concluído e em condições para atender as necessidades dos usuários”, afirmou.

Pimentel explica que no projeto feito pelo Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) estão previstos uma série se serviços dentro e no entorno do terminal, como a construção da plataforma metálica do Ligeirão, pavimentação, calçadas, conclusão do subsolo, ampliação dos telhados, revestimento de piso e instalação semafórica.

O envelope contendo as propostas de preços deverão ser protocolados até o dia 3 de janeiro de 2018, às 17h. Os envelopes serão abertos em sessão pública às 9h30 do dia 4 de janeiro de 2018.

Iniciada em 2012, a obra do terminal do Santa Cândida era prometida como um dos legados da Copa de 2014. Após diversos adiamentos, foi entregue incompleta em fevereiro de 2016 após a gestão anterior encerrar o contrato com a empresa ganhadora da licitação. Com isso, a obra ficou inacabada, principalmente, na parte do subsolo, onde ficará o comércio. Com a conclusão da obra, a Urbanização de Curitiba (URBS) fará uma nova licitação para seleção dos comerciantes que terão concessão no terminal Santa Cândida.
 

Deixe uma resposta