Paraná Extra

Prefeitura nega volta de restrições por causa do crescimento de casos da Covid-19

Um documento supostamente assinado pela secretária municipal da saúde, Márcia Huçulak, que levantava a possibilidade do retorno da bandeira laranja, de alerta médio da pandemia, em Curitiba é falso, segundo a prefeitura.

No suposto ofício, é estabelecido que caso a taxa de transmissão da Covid-19 continue em alta na cidade novas restrições ao comércio e demais atividades não essenciais seriam tomadas a partir do dia 20 deste mês. Em contato com a reportagem da BandNews FM, a Prefeitura de Curitiba afirmou que o conteúdo do suposto documento não é verdadeiro e que não há possibilidade de retomada da bandeira laranja para os próximos dias.

Além disso, a administração municipal ressaltou que ao elaborarem o documento falso, os fraudadores usaram o mesmo número de registro de um ofício original da prefeitura, porém, publicado em 16 de setembro e destinado à Secretaria Municipal de Finanças, solicitando liberação de pagamento de despesas de pessoal.

(Bandnews)

Deixe uma resposta